Carlos Furtado, Ex-Cheganos Oficiais, João Martins, Pedro Moura, Roberto Pires

Ex-Líder do Chega nos Açores diz que a “Seita de Carneiros Doentes” tem muitas ligações a negócios escuros

Deputado independente no parlamento açoriano, Carlos Furtado, diz que a “Seita de Carneiros Doentes” tem muitas ligações a negócios escuros, “casas de meninas”, violência doméstica, pedófilos, caloteiros.
O ex-líder regional do partido de André Ventura nos Açores afirma que na “seita de carneiros doentes”, a “massa cinzenta está toda a sair, só ficam os interesseiros e a carneirada”, e fala das carrinhas pretas a alta velocidade e a passar nos vermelhos: “Falam do Cabrita e fazem igual ou pior”.

Roberto Pires, ex-Dirigente do Chega nos Açores, partilhou a nossa montagem com as várias fotos onde André Ventura surge com acusados de diversos crimes, o que levou Carlos Augusto Furtado, ex-Presidente do Chega nos Açores, a comentar:

Ainda faltam muitos aí, uns ligados a negócios escuros fora do perímetro nacional, falta também alguns ligados a “casas de meninas”, falta os ligados a violência doméstica, os pedófilos, os caloteiros e mais alguns que agora não lembro, o partido que nasceu dizendo que iria ser diferente, realmente está a ser, está a ser diferente para pior.

João Martins, ex-presidente da Mesa da Assembleia do Chega Açores, respondeu a Carlos Furtado:

as figuras devem, provavelmente, vir a público com o circo criminal identificado a cada ilustre, como que em prestações…

Pedro Moura, que foi recentemente acusado pelo Presidente da Distrital do Porto de se fazer passar por representante do Chega, comentou a partilha do ex-militante do Chega Açores:

Para partilhares ainda te dói, que figurinha triste, só demonstra o que valiam.

Carlos Furtado, ex-líder do Chega Açores respondeu a Pedro Moura:

figurinha triste é teres uma vida profissional para tomar conta e andares a lamber as botas a um falso profeta, que está nas tintas para ti, conforme já demonstrou.

Roberto Pires, também respondeu a Pedro Moura:

partilho apenas para que sr fique a saber o tipo de seita que é o …. o qual me recuso a dizer-te o nome. Quanto ao valer sempre vailho mais do que alguém que faz parte dessa seita que nem um restaurante consegue reservar só para um jantar de apoiantes. Enquanto eu consegui para um aniversário isto mostra a qualidade de crédito que esses apoiantes têm.

Pedro Moura respondeu a Carlos Furtado:

n fui eu que andava ali a esticar o pescoço com tiques de ditador para aparecer ao lado do Campeão. Ja deitaram a toalha ao chão tratem da vossa vida, n vejo ninguém do chega a passar bilhete ao que dizem, só confirma o mau perder que ficaram.

Entretanto, Roberto Pires escreveu: “cuidado com a carrinha branca”
Carlos Furtado respondeu a Pedro Moura:

eu estou a tentar tratar da vida do meu povo e isso tornou-se incompatível com ser do CH, por isso disse ao teu “messias” que não tinha condições de continuar, foi o melhor que fiz, isso é uma seita de carneiros doentes, a “massa cinzenta” está toda a sair, só ficam os interesseiros e a carneirada.

E respondeu ao ex-militante que falou na carrinha branca:

A carrinha branca era o que menos importava, pior eram as carrinhas pretas a alta velocidade e a passar nos vermelhos. Falam do Cabrita e fazem igual ou pior.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Deputado do Chega defende Governo dos Açores no “circo mediático de populistas e meias verdades”: “Dinheiro não vem pelo melhor caminho”

Ex-Deputado do Chega Açores comenta os resultados “É anedótico ver cantar vitórias em pleno cenário de derrotas”

Presidente da Mesa do Chega Açores pediu a demissão e desfiliação “Existe mesmo nepotismo”

Partilhe

Leave a Reply