Ex-Cheganos Oficiais, José Lourenço

Ex-Presidente do Chega do Porto diz que a Distrital é submissa a Lisboa e que André Ventura é um Tirano que odeia o FCP

Ex-Presidente do Chega Porto, José Lourenço, regressou ao Facebook 3 meses depois, e não poupou nas criticas à Distrital e a André Ventura. O ex-militante do Chega diz que a Distrital do Porto é submissa a Lisboa e que se vende de forma prostituta, que o Chega é uma “seita religiosa” e que André Ventura é um Tirano, que “no seu discurso redundante, diz mal de tudo e de todos”, e que odeia o Futebol Clube do Porto.

Após uma longa ausência, estou de volta. Não me falem só de política, falem-me também de amor e de fado.
Parece que a Distrital do Porto vai de vento em popa em direcção ao abismo. De Distrital mais forte do país, passou a ser submissa a Lisboa e perdeu a voz que sempre teve. Vende-se de forma prostituta, já sem vergonha ou pudor. Os amigos, familiares e amigos, também conhecidos por clientes, são os reis de um reinado inexistente. O Porto está com menos de 1%, que para além de vergonhoso, é penoso.
André Ventura, no seu discurso redundante, diz mal de tudo e de todos, até do que está bem. Poderá ser o rei do CHEGA, mas nunca será nada no Porto. Déspota e tirano, utiliza os vassalos de serviço, para no fim os trocar por académicos, muitos deles de qualidade duvidosa. Uma seita religiosa, onde o líder é enviado de Deus, diz ele. Engraçado que no Afeganistão é precisamente o mesmo. O Presidente da Distrital do Porto, um mero boneco, manipulado e utilizado por Lisboa, conseguiu o que o Ventura sempre quis, um Porto obediente, sem expressão e sem ser respeitado. Os homens e mulheres de bem, já saíram. De uma coisa carrego o orgulho, nunca me vendi a Lisboa, nem pelo lugar de deputado, que já estava assegurado. Sou do Porto e defenderei o Porto até à morte. Este sou eu, sem filtros, com a barba branca e o sorriso sarcástico de sempre.

José Lourenço respondeu a vários seguidores:

o problema é que mistura. André Ventura tem ódio ao FCP e por inerência ao Distrito do Porto

como de diz enviado de Deus, pensei que fosse omnipresente. Claro que é culpado, aliás, o principal culpado.

um político do sistema e que de tudo faz para se manter no sistema. Tem um projecto de um homem só, desmedido na ambição e excelente no drama.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

José Lourenço acusa Rui Afonso de ser “mentiroso e covarde” e promete publicar conversas comprometedoras do “anormal”

Guerra está instalada na Direção do Chega no Porto! José Lourenço publicou Prints de Rui Afonso que ameaça agir judicialmente

Ex-Líder do Chega da Madeira ataca ex-Líder do Chega do Porto “Foi-me levantado um processo por difamação pelo seu patrão”

Partilhe

Leave a Reply