Cheganos Oficiais, Maria Vieira

Banida “temporariamente” do Facebook, Maria Vieira estreia-se no Twitter para defender Putin, atacar o “fantoche Zelensky” e a comunidade LGBT+

Maria Vieira, deputada municipal do Chega em Cascais, que já tinha sido banida umas 20 vezes do Facebook, desta vez deve ter apanhado um castigo maior pois a sua última publicação nessa rede social foi feita no dia 17 de abril.
A dirigente do partido de André Ventura, na esperança que “Elon Musk cumpra o que diz sobre a Liberdade de Expressão” e no seguimento de “ser constantemente bloqueada como acontece no ‘FoiceBurka'” onde cumpre “‘castigos’ atrás de ‘castigos'”, mudou-se para o Twitter onde já começou a partilhar as suas fobias e a defesa de Putin, a quem dá o seu apoio incondicional e que “está apenas a fazer aquilo que é certo e que é preciso fazer” na luta contra o “fantoche Zelensky e o governo genocida a que ele preside”.
Depois de ter feito algumas publicações, onde se insurgiu contra “artistas pró-LGBT”, o “chato do Bono a cantar no metro de Kiev para os deprimir ainda mais com o seu maldito oportunismo de esquerdista/caviar”, a criação de duas unidades de saúde para transexuais, a Nova Ordem Mundial e o dinheiro público que os artistas recebem, Maria Vieira virou-se novamente para a Guerra da Ucrânia:

Se essas pessoas apoiam, defendem e financiam o fantoche Zelensky e o governo genocida a que ele preside, então isso quer dizer que o Putin está apenas a fazer aquilo que é certo e que é preciso fazer.

Ontem “revoltou-se” contra o hastear da bandeira da comunidade LGBTI+ na Assembleia da República:

Com que direito é que uma bandeira que representa um grupo de homossexuais é hasteada na Assembleia da República ao lado da bandeira nacional?!?! Este acto absurdo, deprimente e inenarrável do PM é um desrespeito pela nação e um insulto ao povo português. VERGONHA!!!

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Dia Internacional da Visibilidade Trans! Maria Vieira dúvida de André Ventura e dá graças a Putin, e Dirigente do Chega Porto relembra a ex-deputada do PAN

Presidente da Associação Família Conservadora anunciou a desfiliação do Chega “Quem não está bem muda-se”

A nova assessora do Chega em 2021 era feminista, defendia o aborto, a despenalização da canábis e lutava contra a Homofobia, Transfobia

Partilhe

Leave a Reply