Ana Moisão, André Ventura, Cheganos Oficiais

Única vereadora do Chega no Alentejo confirmou em comunicado o seu pedido de demissão de líder da Distrital de Beja e “revela” os motivos

A vereadora do Chega na Câmara Municipal de Serpa, Ana Moisão, esclareceu na sua página no Facebook, num comunicado publicado ontem, que vai manter-se no Chega e que a sua demissão de Presidente da Comissão Política Distrital de Beja foi “motivada sobretudo pelo desgaste pessoal da acumulação de funções e algumas questões de assunto interno, que obviamente não divulgarei, por serem questões meramente do foro partidário”.
As questões de assunto interno do partido não revelados agora no comunicado, foram divulgados na carta que a única vereadora do partido de extrema direita no Alentejo enviou a André Ventura, partilhada nas redes sociais, onde alegou falta de apoio financeiro, sentimento de abandono dos autarcas eleitos, muitos deles pessoas inexperientes no mundo da política, que ficam lançados à sua sorte, e quebra de confiança na palavra do líder do Chega, devido a um pedido de sigilo absoluto sobre conversa privada, que depois não se verificou (pode saber mais aqui).
Comunicado de Ana Moisão:

‼️Comunicado‼️
Gostaria de deixar uma palavra de esclarecimento em relação à minha demissão do cargo de Presidente da Comissão Política Distrital de Beja do Partido CHEGA, pois tenho recebido muitas mensagens e reparei existir alguma confusão na informação divulgada.
Em primeiro, esclarecer que a minha demissão foi só e apenas do Cargo de Presidente da Comissão Política e Distrital do partido e não das funções de Vereadora na Câmara Municipal de Serpa para as quais fui eleita, nem de militante do Partido, mantendo-me assim em funções e a representar o partido CHEGA no executivo da Câmara Municipal de Serpa, pois esse foi o meu compromisso com os meus eleitores 🙌
Em segundo, sendo a comissão Política Distrital de Beja um órgão do partido, foi ao partido e ao seu presidente que enviei a minha demissão, motivada sobretudo pelo desgaste pessoal da acumulação de funções e algumas questões de assunto interno, que obviamente não divulgarei, por serem questões meramente do foro partidário, que entendo que assim devem permanecer.
Quero deixar um agradecimento ao Partido pela oportunidade e apoio que sempre me foi dado, a todas as pessoas que me apoiaram perante tamanha responsabilidade e sobretudo à fantástica equipa que me acompanhou em cada momento.
Obrigada companheiros ❤️
Deixo este cargo com o sentimento de missão cumprida, pois sempre fiz tudo o que estava ao meu alcance para defender o nosso distrito e honrar a confiança depositada por todos no partido CHEGA.
Desejo um bom trabalho e a maior das sortes à nova comissão política que se formará, à direção nacional do Partido e ao presidente André Ventura.
Continuo perto de todos os munícipes e a sentir os seus problemas, procurando ajudar na solução e juntos vamos libertar o Municio de Serpa!!!
“Uma terra rica não tem o direito de ser pobre”! 🏰

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Única vereadora do Chega no Alentejo pediu a demissão de Líder da Distrital por quebra de confiança na palavra de André Ventura

Chega perde em média quase um vereador de dois em dois meses! Elegeu 19 agora “só” tem 13 vereadores

Bombeiros de Serpa desmentem o Chega e insuficiência de cooperação com a Autarquia


facebook . com / story.php? story_fbid= 480682554251086&id=1000692803762450

Partilhe

Leave a Reply