Cheganos Oficiais, Pedro Soares

Pedro Soares reage à Suspensão e sugere a sua Expulsão do Chega: “Entreguem o ‘grupo’ aos vendidos e vencidos do ‘sistema'”

A Comissão de Ética do Chega comunicou hoje a suspensão de Pedro Nuno Neves Soares, ex-membro da Concelhia do Chega de Benavente, por um período de 30 Dias, ao que tudo indica por este ter escrito uma mensagem onde revela um caso vergonhoso, mas sem ter identificado “nenhuma pessoa singular ou colectiva”. O jurista e motorista de pesados de Samora Correia reagiu à suspensão na sua página, repetindo a mensagem que o levou à suspensão, e sublinhando que é “gravemente triste, alguém tem uma carapuça feita à medida”: “Não acredito que os portugueses sejam todos uns miseráveis que só saibam viver de mão estendida para o ‘sistema'”. Pedro Soares recomenda mesmo a sua expulsão: “Entreguem o ‘grupo’ aos vendidos e vencidos do ‘sistema'”.

Confirmo a minha suspensão. No entanto, na medida em que não identifiquei ninguém ( nenhuma pessoa singular ou colectiva, de nenhum país, nem de nenhum partido) deveria contestar a decisão por via graciosa, mas simplesmente não me apetece. Por outro lado, e isto é que é gravemente triste, alguém tem uma carapuça feita à medida mas não gostou ( Je suis désolé! 😁😃)
Continuem assim. Entreguem o “grupo” aos vendidos e vencidos do “sistema”.
Por mim, e contra mim, recomendo a minha expulsão pois vou continuar a defender os interesses das pessoas de um certo e determinado concelho. Não acredito que os portugueses sejam todos uns miseráveis que só saibam viver de mão estendida para o “sistema”.
E se agora não gostam assim, imaginem como será depois de Outubro!
Chega, mas chega mesmo. Chega de mais do mesmo. Nem “comunistas”, nem “santas igrejinhas”, nem maçons, nem vendidos, nem os raios que os partam !
PS- Digam às pessoas “de bem” que desistiram delas e verão o lindo funeral que vos espera.

Ao que tudo indica, o castigo foi aplicado depois de Pedro Soares, ter escrito uma mensagem, que voltou a partilhar depois de ser revelado a suspensão:

Vergonha: Caso académico 😁
O Sr. “A” é presidente de uma associação privada tendo como vice-presidente a esposa do presidente da câmara municipal de ” Alguidares da Beira”, município que é liderado ( por exemplo) por um partido de extrema esquerda. Próximo das eleições autárquicas o “A” oferece-se para integrar as listas de um partido de direita, alegando, sem provar, que está farto do “sistema”😳. Rapidamente começa por dizer como a direcção do partido deve atuar e que em caso algum a direcção do executivo camarário deve ser perturbada com questões de ilegalidade e falta de ética do presidente da câmara, não obstante factos inilidíveis demonstrarem o oposto.
Importa salientar, que o “A” exerce cumulativamente uma outra actividade de fins lucrativos, utilizando para tal meios e espaços municipais para este fim, sem que no entanto, pague um único cêntimo ao município.
Quid juris

Há dois dias atrás escreveu também na sua página:

“- Eu não, porque não percebo nada “disso!”
Quem disse?
A- a mula da companhia das lezírias
B- a “burra” da minha vizinha
C- um analfabruto(a)
D- um(a) candidato(a) a uma câmara municipal do distrito de Santarém.
PS- confirmei “in Loco”. Não percebe “nada disso”.

Partilhe

Leave a Reply