Cheganos Oficiais, Jorge Valsassina Galveias, Pedro Borges de Lemos

Coordenador da Justiça do Chega destituído por SMS e desmente Presidente da Mesa do Conselho Nacional

Pedro Borges de Lemos, candidato do Chega à presidência da Câmara Municipal de Torres Vedras, diz que foi destituído de coordenador da Justiça do partido de André Ventura por mensagem de telemóvel, e desmente o Presidente da Mesa do Conselho Nacional. Jorge Valsassina Galveias afirma que a saída do Gabinete de Estudos foi decidida por Pedro Borges de Lemos e que este já não foi a tempo no “voltar atrás” da decisão.
Pedro Borges de Lemos escreveu na sua página:

Há quase 2 anos iniciei uma caminhada no Chega e colaborei com uma equipa de notabilíssimos juristas que convidei e que tive a honra de coordenar na elaboração do programa do partido, neste setor.
Fui candidato à presidência de uma CM e participei, como orador, em vários eventos partidários.
A direção do partido decidiu mudar de coordenador da Justiça e informou-me disso, ontem, por mensagem de telemóvel.
Saio como entrei, com a convicção de que Portugal está primeiro e os portugueses também.
Uma palavra de agradecimento a todos que me ajudaram e com quem comungo o orgulho de servir Portugal.

Jorge Valsassina Galveias, Presidente da Mesa do Conselho Nacional e deputado do Chega, respondeu a Pedro Borges de Lemos:

Pedro, lamento este tipo de “queixas” nas redes sociais.
A sua saída do Gabinete de Estudos, por sua decisão, foi-me comunicada por si, por telefone, meses atrás.
De imediato se tratou de reorganizar o setor da justiça, como não podia deixar de ser.
O seu “voltar atrás” algum tempo depois da sua decisão, no que se relaciona com o Gabinete de Estudos, já não foi a tempo, pois outros convites já estavam feitos.
Como sabe sempre o considerei e o respeitei (e respeito), mas não poderia deixar de lhe responder no mesmo espaço.
Um abraço

Pedro Borges de Lemos não deixou Jorge Valsassina Galveias sem resposta:

Jorge Valsassina Galveias o que diz não é verdade.
Não irei por respeito a si dizer mais nada.
Um abraço

Jorge Valsassina Galveias respondeu ainda a uma seguidora de Pedro Borges de Lemos, que disse ter ficado esclarecida com o seu primeiro comentário:

sim, tudo tem uma explicação, mesmo que essa explicação doa.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

André Ventura continua a ser promovido pela Revista Sábado que se engana na foto de deputado do Chega

Dirigente do Gabinete de Estudos do Chega critica Filipe Melo que aceitou ir para Deputado com dívidas

Vice-presidente quer que se olhe para o Chega “como uma minoria” vítima de “terrorismo identitário e violação mental”

Partilhe

Leave a Reply