Cheganos Oficiais, Eugénia Santos

Candidata do Chega a Braga reage à notícia sobre as suas ligações à Rede de Armamento: “Dá sempre o peito às balas”

Luís Miguel Lopes e Carlos Manuel Osório, o ex-marido e o atual cunhado da candidata do partido Chega à presidência da Câmara de Braga, que foram detidos na quarta-feira por suspeitas de tráfico de armamento, saíram em liberdade mediante caução de 100 mil euros cada um, estando no entanto obrigados à permanência na freguesia onde residem e a apresentação periódicas na esquadra da Polícia de Segurança Pública.
Segundo o jornal O Minho, os suspeitos utilizavam jovens de uma minoria étnica da cidade a fim de facilitar tráfico nas transações de armamento e de munições, utilizadas no mercado negro para prática de crimes violentos.
As ligações de Carlos Manuel Osório ao Chega não são só através da cunhada, Vice-Presidente de Braga do Chega, pois o seu irmão é Secretário da mesma Direção do partido de André Ventura.
Jenny Santos, como é conhecida Eugénia Santos nas redes sociais, teve uma reação tímida no Facebook:

“Eles vão falar do teu passado, sempre que o teu presente for insuportável para eles” 😉
#tentemmascommaisforça
#omalnuncaderrubaobem
#seguimosmuitomaisfortes
#contratudocontratodosecontratolos
#feemDeus

A segunda reação encontra-se na primeira parte de uma sua publicação, relacionada com a visita que fez ao clube Soarense, e tendo em conta o que está em causa, é no mínimo estranha:

Faz com que as tuas acções sejam a tua melhor arma e dá sempre o peito às balas, nunca vires as costas.

Força Soarense SC, pela história, pela tradição, pelo desporto, pelo futebol!!!

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Ex-marido da Vice-Presidente e o irmão do Secretário do Chega de Braga são suspeitos de liderarem rede de traficantes de armas

As relações familiares na Comissão Distrital de Braga do Chega: 3 Casais e o filho do Vice-Presidente

Candidata do Chega a Braga quer disciplinas nas Escolas para sensibilizar os alunos para o Racismo e Homofobia

Partilhe

Leave a Reply