André Ventura, Cheganos Oficiais, Francisco Rodrigues dos Santos, Luís Aguiar-Conraria, Rui Tavares

Professor catedrático diz que André Ventura e Chicão “são Trogloditas” e que o líder do CDS é a versão adolescente mas menos javardo

Luís Aguiar-Conraria comentou os debates de ontem na CNN e não poupou André Ventura nem Francisco Rodrigues dos Santos a quem apelidou de “Trogloditas”, por causa da forma quase inqualificável como se apresentam nos debates.
O professor catedrático na Universidade do Minho, doutorado em Economia pela Cornell University, diz que o líder do CDS comporta-se como a versão “adolescente de André Ventura, sem chegar a ser tão javardo”, e que o líder do Chega foi colocado no bolso por Rui Tavares.
Sobre o debate entre o líder do Livre e o líder do Chega, Luís Aguiar-Conraria disse:

A presença de Rui Tavares em todos os debates é uma mais valia para a discussão nesta campanha, é das poucas pessoas que tenta trazer assuntos substanciais para o debate, concorde-se ou não com ele.
Os dois candidatos mais à direita, André Ventura e o Francisco Rodrigues dos Santos, são dois trogloditas, é quase inqualificável a forma como se apresentam nos debates.
Ontem Rui Tavares foi brilhante, não há outra forma de qualificar, perante um Troglodita daqueles à frente, conseguir falar de propostas para a Educação, conseguiu falar dos temas quando era provocado por André Ventura, e conseguiu explicá-los relativamente bem, porque não é possível explicar muito bem com André Ventura sempre a interromper, e depois com duas ou três tiradas absolutamente assassinas, ainda bem que Rui Tavares está nos debates, fico muito contente.

Sobre o debate entre o líder do CDS e o líder do Iniciativa Liberal:

Chicão está a comportar-se como um adolescente, saiu muito mal, está sempre a interromper, não é a interromper para debater, é a interromper para não deixar os outros falar. Parece ser a versão adolescente de André Ventura, sem chegar a ser tão javardo evidentemente, mas é o que parece, do meu ponto de vista perdeu claramente, é inadmissível a atitude com que está nos debates. Quanto a Cotrim de Figueiredo temos que esperar pelo próximo debate, neste último debate não mostrou nada, simplesmente não o deixaram, nem é justo fazer uma avaliação.

Sobre o que espera do debate de hoje entre António Costa e André Ventura:

André Ventura está a querer especializar-se em ser uma surpresa, tanto pode ser no estilo extremamente turbulento e insultuoso como foi com Catarina Martins, como pode ser no estilo, como foi com Rui Rio, de estar sempre a interrogar, tentar pôr o outro à defesa, com Rui Tavares onde foi posto no bolso, nem deu para ver a estratégia dele.
António Costa é uma pessoa experiente e saberá lidar com isto, também já aprendeu, Catarina Martins soube lidar bastante bem com André Ventura, Rui Tavares foi magnifico.
Eu gostava que se debatessem outros assuntos, e fica o meu repto para os jornalistas, assuntos que interessam, estamos com um país estagnado há 20 anos, temos um problema de segurança social seríssimo, uma demografia gravíssima, educação de pantanas, e põem-se a discutir a pena de morta, e a primeira pergunta de ontem do debate entre Catarina Martins e Rui Rio é a pena de morte, caramba, também é o papel dos jornalistas centrarem nos assuntos importantes e decisivos para o país.

Vídeo no site da CNN Portugal

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Debate de Rui Tavares do Livre e o “Candidato do Sistema” André Ventura que tem um Programa que “não tem nada para oferecer no futuro”

Iniciativa Liberal e CDS excluem qualquer possibilidade de integrar um Governo onde o Chega entre


https://cheganos.com/wp-content/uploads/2022/01/Catarina-Martins-deixa-Andre-Ventura-nervoso-E-mais-previsivel-do-que-um-disco-riscado-400×200.jpg

Partilhe

Leave a Reply