Últimas Notícias

Mulher acusada de Racismo na Costa da Caparica não é brasileira e já tem historial de Xenofobia

Depois de ter sido denunciado que os filhos dos artistas brasileiros Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, Titi e Bless, tinham sido vítimas de racismo num restaurante na Costa da Caparica, onde a família passava férias, depressa começou a circular nas redes sociais frequentadas por cheganos a informação que a mulher acusada de xenofobia era brasileira, o que não se veio a confirmar.
Segundo a coluna do jornal Metrópoles a mulher já tinha sido preconceituosa contra pessoas de outros países, caso denunciado por Eduarda Rabello, brasileira radicada em Portugal, que enviou vídeos à coluna em que a mulher grita: “Brasileiros vão para o Brasil”, o caso ocorreu em 9 de março deste ano.
Vídeo partilhado nas redes sociais com a mulher apanhada em mais uma situação de xenofobia:

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Domingo contou com mais 3 episódios da série “Portugal não é racista”

Candidato do Chega a Vice-presidente da Assembleia da República diz-se vítima de racismo no Parlamento

Luc Mombito, que foi vítima de Racismo mas participou em manifestações a negar Racismo, regressou ao Twitter

Partilhe

Leave a Reply