André Ventura, Cheganos Oficiais, Francisco Rodrigues dos Santos, Jovem Conservador de Direita

Jovem Conservador de Direita e o seu estagiário fizeram a análise à prestação de André Ventura e ao debate com o Chicão

O Jovem Conservador de Direita e seu estagiário fizeram no 5 Para a Meia-Noite a análise dos debates e “deixaram para o fim o preferido das crianças, aquele que entra antes de acabar o Circo, o líder do Chega”.

Parte do programa de ontem do 5 Para a Meia-Noite da RTP, partilhado pelo Facebook Ventiras, Menturas e Andrébices.

Sobre o debate entre André Ventura e Francisco Rodrigues dos Santos, o Jovem Conservador de Direita escreveu no Facebook:

Eu tinha dito que ia deixar de ver os debates, mas não podia deixar de ver o duelo entre os dois maiores animais políticos destas eleições. Animais políticos no sentido em que um babuíno a a atirar fezes em todas as direcções também é um animal. É por causa de pessoas como o Dr. Cabeça de Geleia e o Dr. Chicão que vale a pena acompanhar política.
Antes do debate, a dúvida era saber se o Dr. Chicão ia conseguir recuperar os eleitores que sempre foram do CHEGA mas tinham vergonha de o dizer em voz alta. O Dr Cabeça de Geleia começou por desejar um bom ano. A 12 de Janeiro. Se isto não é escandaloso, não sei o que é.
O Dr. Cabeça de Geleia lembrou que se o CDS não tivesse deixado de falar sobre parasitas sociais o CHEGA não precisava de existir, assumindo que o seu papel é ser uma espécie de banda de covers do Dr. Paulo Portas vintage. Está ali a ocupar aquele nicho tão essencial para a nossa democracia que consiste em acusar pobres de serem chulos e mandriões. Também criticou o CDS por não ser suficientemente racista contra os ciganos, o que é uma acusação injusta. Não foi ele que inventou o racismo contra ciganos.
O Dr. Cabeça de Geleia concluiu com a acusação de que o CDS pertence à direita mariquinhas. Pelos vistos, ele pertence à direita heterossexual que definitivamente não pratica relações sexuais com os seus coelhos de estimação. De qualquer forma, é injusto chamar direita mariquinhas ao Dr. Chicão quando ele nem sequer reconhece a existência deles. E o CDS tem o Dr. Nuno Melo, que, como sabemos, é o maior ídolo da masculinidade do nosso país, um autêntico Dr. Rambo de calças caqui. As calças caqui são o maior expoente da masculinidade. Quem usa calças caqui, fá-lo porque está seguro de que não há nada neste Mundo que o faça urinar pelas pernas abaixo. Ninguém que use calças de ganga escuras tem lições a dar a utilizadores de calças caqui.
O Dr. Chicão respondeu a estas acusações, defendendo as suas credenciais de direita. Apresentou uma fotografia super incriminadora do Dr. Cabeça de Geleia a celebrar o 25 de Abril com um cravo ao peito. Ou seja, conseguiu mostrar que gosta menos do 25 de Abril do que o CHEGA e provou que, se quiser, até pode ser melhor líder dos seguidores do Chega do que o Dr. Cabeça de Geleia. Neste momento estávamos a assistir a um debate pelo coração do Dr. Salazar. Se o Dr. Chicão se estivesse a candidatar a líder da mocidade portuguesa estava à frente.
O Dr. Cabeça de Geleia ficou chateado e nota-se que ficou chateado porque começou a gritar em falsetto. Acusa o Dr. Chicão de ser da direita mariquinhas, mas começa a guinchar que nem um pedófilo castrado quando fica triste. Se falhar na política pode candidatar-se a vocalista de uma banda de covers dos Bee Gees.
Depois disto o Dr. Chicão fez um mortal à rectaguarda por cima do Dr. Cabeça de Geleia e decidiu começar a atacá-lo pela esquerda. Começou por criticar a misoginia, a xenofobia e o racismo do mandatário do CHEGA Dr. Pedro Arroja, que nem um SJW comedor de soja da cancel culture. Ainda por cima está a ser injusto. O Dr. Pedro Arroja é tudo menos misógino, já que ficou conhecido por ter defendido a sua mãe das acusações de que foi ela que moldou o seu pénis (SPOILER ALERT para quem não conhece esse clássico: Foi Deus, esse conhecido oleiro de pénis, que o fez).
O Dr. Chicão continuou no seu modo de antifa radical de esquerda e começou a defender mulheres e negros. Chegou ao ponto de citar o conhecido militante do Bloco de Esquerda Dr. Papa Francisco para criticar as credenciais católicas do Dr. Cabeça de Geleia e defender refugiados. Devia haver um boletim em anexo no dia 30 para decidir quem é o verdadeiro quarto pastorinho de Fátima. Dr. Chicão ou Dr. Cabeça de Geleia?
O Dr. Cabeça de Geleia acusou o toque e disse que, se o Dr. Chicão gosta assim tanto de refugiados, que os receba em casa. Ele parece acreditar que os refugiados fogem de zonas de guerra para fazer couch surf em casa do Dr. Chicão. Depois afirmou que o Dr. Chicão não tinha nada a ensinar-lhe sobre catolicismo. Puxou os galões de seminarista, porque isso dá-lhe crédito como católico e frequentador de orgias. E acrescentou que, quando ele era seminarista, o cardeal patriarca de Lisboa era um conhecido islamofóbico. Ou seja, a Igreja não é só militantes do Bloco de Esquerda, também tem cidadãos de bem.
É claro que também se debateram questões relevantes para a sociedade. Por exemplo, o Dr. Cabeça de Geleia disse que propõe um sistema fiscal mais eficaz, citando aquela parte do programa do CHEGA que diz: “Propomos um sistema fiscal mais eficaz.”
O Dr. Chicão acusou o Dr. Cabeça de Geleia de estar a ser investigado pelo caso Tutti Frutti. Eu desconhecia esse caso e fiquei com a ideia de que ele tinha sido apanhado a imitar a Dra. Carmen Miranda. Mas afinal é só corrupção. Fiquei mais descansado.
O Dr. Cabeça de Geleia respondeu que a sua única condenação foi por dizer coisas que o Dr. Chicão gostava de ter dito, que é como quem diz “o Dr. Chicão gostava de ser tão grunho como eu, mas não consegue porque é um mariquinhas.” A seguir criticou o Dr. Chicão pela falta de democracia interna no CDS, por oposição ao CHEGA que é muito democrático. Dr. Cabeça de Geleia em 2036: “a Humanidade já não existe, mas, mesmo assim consegue ser reeleito democraticamente como líder do Chega 643 vezes.”
Foi um shitshow muito bonito, como todos os debates deviam ser que pode se resumido com a frase “Você é que é menos de direita!.” Só assim é que a política pode ultrapassar o Big Broher. Fiquei com aquela sensação de que tenho de tomar um duche. Ideia para as próximas legislativas: partidos enviarem babuínos para debater. Muita gente está a criticar o facto de terem sido ultrapassados os 25 minutos. É errado! Os guinchos e os grunhidos não contaram para o tempo. De qualquer forma, não podemos condenar a CNN por aproveitar as audiências.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

As fotocópias e a metade da dose da vacina de André Ventura em destaque na Portugalex

Rui Rio responde a André Ventura com Tweet certeiro “Nada disto se pode levar a sério”

André Ventura já equaciona ser Vacinado depois de ponderar, refletir e recolher informação em “vários estudos internacionais”

Partilhe

Leave a Reply