André Ventura, Cheganos, Rui Rio

Quem é André Ventura? Ex-PSD e Líder dos Cheganos

O líder dos Cheganos, André Claro Amaral Ventura, nasceu em Algueirão, Sintra, a 15 de janeiro de 1983, foi professor universitário e comentador desportivo.
Licenciou-se em Direito com 19 valores pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, e em 2013 defendeu a tese de doutoramento em Direito Público pela Faculdade de Direito da Universidade de Cork, na Irlanda, financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, onde criticou o “populismo penal” e “estigmatização de minorias”, revelando preocupação com a “expansão dos poderes policiais”.
Tornou-se mediático a partir de 2014 como comentador desportivo Canal do Benfica e no canal CMTV, onde ficou até 2020. Em 2016, criou com o antigo ministro da Administração Interna Rui Pereira e o antigo futebolista António Simões, um movimento de apoio à recandidatura de Luís Filipe Vieira à liderança do Sport Lisboa e Benfica.
Foi um dos nomes apontados como destinatários de uma “cartilha” (as diretrizes da estratégia comunicacional do clube) proveniente da direção do SLB.
Em junho de 2015 tentou ser candidato pelo PSD à Câmara Municipal de Sintra, mas foi em abril de 2017 que teve o seu primeiro destaque politico como candidato à Câmara Municipal de Loures pelos Sociais Democratas, onde criticou a comunidade cigana de Loures, acabou por perder para o Comunista Bernardino Soares.
No final de setembro de 2018, tentou lançar o movimento Chega para substituir o “extremista e autoritário” Rui Rio na liderança e colocar o PSD no “espectro ideológico do centro-direita português”.
No inicio de outubro renunciou ao cargo de vereador da Câmara de Loures e à militância do PSD por se sentir traído: “apunhalado pelas costas e enganado. Para a história ficarão aqueles que desde o início me apoiaram e incentivaram e depois vieram publicamente demarcar-se”.
A 9 de abril de 2019 fundou o partido político CHEGA e foi eleito deputado nas Eleições Legislativas de 2019 pelo círculo eleitoral de Lisboa.
Candidatou-se a Presidente da República nas eleições de 24 de janeiro de 2021 onde garantiu o terceiro lugar, com o voto de cerca de 497 mil cheganos, o correspondente a 11,90% dos votantes.

Fontes: Wikipédia e revista Sábado.

Artigo Relacionado

Quem é Quem na Direção Nacional dos Cheganos

Partilhe

Leave a Reply