Anti Cheganos, Jorge Moreira da Silva

Ex-Vice-Presidente do PSD diz que nunca se deve dialogar, negociar, discutir, com o Chega

Jorge Moreira da Silva, ex-Vice-Presidente do PSD, afirmou em entrevista à TSF que o PSD nunca se deve coligar com o Chega, “partido xenófobo, radical, populista e racista”:

O PSD é um partido personalista, tolerante, que pugna pela não-discriminação, pela igualdade de oportunidades. E independentemente dos contextos táticos ou eleitorais, do meu ponto de vista, não se dialoga, não se negoceia com um partido xenófobo, radical, populista e racista. Considerei que o diálogo que então ocorreu com o Chega podia criar uma dúvida legítima relativamente quanto ao efeito de contágio que isso teria para o contexto nacional. Eu vi com muito bons olhos que o dr. Rui Rio tenha excluído qualquer tipo de coligação com o Chega nas eleições autárquicas. Nunca, jamais em tempo algum o PSD deve coligar-se, entender-se, dialogar, negociar com um partido que é racista, xenófobo, extremista e radical. Essa é a minha linha vermelha.


O ex-Eurodeputado e ex-Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia de Portugal de dois Governos de Passos Coelho afirmou ainda em que não aceita qualquer tipo de relativismo ético e moral, “se nós prescindirmos dos nossos princípios podemos mudar de vida porque não estamos a fazer nada na politica”.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Paulo Baldaia não poupa André Ventura e os comentadores do Observador que estigmatizam a comunidade Cigana

Chega critica os Familygates na Política mas tem vários no Partido e na Direção

Mais um Processo para André Ventura? Partilhou matrícula de Ferrari e insinua que são os ciganos de Reguengos

Partilhe

Leave a Reply