Cheganos Oficiais, Francisco Louçã, Pedro Frazão

Cabeça-de-lista do Chega a Santarém vai responder em tribunal em fevereiro por causa de acusação que fez a Francisco Louçã

O julgamento do processo onde Francisco Louçã exige que Pedro dos Santos Frazão reconheça que escreveu uma mentira, quando publicou no Twiter que o fundador do Bloco de Esquerda recebeu uma avença do Banco Espírito Santo, está marcado para dia 9 de fevereiro no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste, em Cascais.
Segundo notícia da CNN Portugal o atual vice-presidente do Chega e cabeça de lista a deputado do Chega por Santarém vai responder por um Tweet que fez no dia 14 de novembro de 2021 na sua conta pessoal, na sequência de publicações de Cristina Seguí, espanhola difusora de teses conspirativas e fake news da extrema-direita:

Já o Francisco Louçã recebia uma Avença do Banco Espírito Santo. Banco esse que, além de pagador de avenças obscuras, era grande doador das campanhas do BE! Isto é grave demais para estar a ser ignorado!! #CHEGA!

Francisco Louçã optou por um mecanismo jurídico que permite reparar o bom nome e que não pressupõe o pagamento de uma indemnização em vez de colocar um processo-crime por difamação:

Que é demorado e ineficaz, avançámos com um outro tipo de processo que é cível e, portanto, mais rápido. Além disso, apenas se requer que o autor peça desculpa e reconheça que o que escreveu era mentira.

No requerimento que o bloquista apresentou é pedido que Pedro Frazão “seja condenado a emitir e publicar uma declaração de retificação pública, na sua conta pessoal na rede social Twitter, a qual desminta as declarações ofensivas do direito à honra” e que seja obrigado a eliminar a publicação.
Curiosa foi a resposta de Pedro dos Santos Frazão, autarca do Chega em Santarém, que disse não ter ainda sido notificado:

Se o Dr.º Francisco Louçã provar que não recebeu nada do BES eu tiro a publicação. Sou sempre pela verdade

Pelos vistos o vice-presidente do Chega tem facilidade em fazer acusações, pois para ele os acusados é que têm que apresentar prova de inocência, e não o oposto.
Pedro dos Santos Frazão fez nos últimos dias, durante a sua campanha, uma visita a uma feira no distrito de Santarém, onde acusou as pessoas de não serem de bem pois receberam-no mal: “levantam-se cedo e vêm para a Feira, mas não devem pagar impostos…”

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Francisco Louçã diz que o Vice-presidente do Chega ganha o prémio do grotesco no campeonato das mentiras

Dirigentes do Bloco de Esquerda apresentaram várias queixas-crimes contra André Ventura, Pedro Frazão e Cristina Segui

Vice-Presidente do Chega publica Fake News e promove a Xenofobia com Foto e Título falsos!

Partilhe

Leave a Reply