Cheganos Oficiais, Maisa Fernandes, Márcio Santos, Miguel Castro

Arraial do Chega da Madeira foi um “enorme” sucesso com “220 pessoas”, o mesmo que dizer umas 50

O Chega Fest foi um fracasso desse o inicio, começando pelo cancelamento de cabeças de cartaz, passando pelo anúncio de bandas por engano, até ao cancelamento do evento com a desculpa dos incêndios.
Em contrapartida, o primeiro arraial do partido Chega na Madeira terá sido um sucesso, pois segundo o líder partidário na Região, Miguel Castro, disse à imprensa juntou “à volta de 220 pessoas”, apesar de pelas imagens disponíveis não conseguirmos contar 50 pessoas, mesmo contando com Márcio Santos (coordenador da juventude do Chega Madeira), Maisa Fernandes (Vice Chega Madeira), Ricardo Regalla (vogal da direção e responsável pelos eventos), Jorge Galveias (presidente da Mesa Nacional) e Pedro Pinto (Secretário-geral e líder do grupo parlamentar).
Márcio Santos publicou as fotos em cima e escreveu:

A verdadeira festa do povo madeirense é com o CHEGA – Madeira. Fomos enormes! Para o ano cá estaremos. 🇵🇹

Vídeo partilhado pela página de D. Afonso Henriques no Youtube, onde o Diretor Nacional de Relações Públicas e Protocolo do Chega começa por dar boas noites à tarde, e onde deu os parabéns ao Funchal, apesar de estar na Ribeira Brava.

facebook.com / marcio.sousa.1000 / posts / pfbid02vckyke7PRK5sm7MKyjTWyACxSP5SAyNuipbc93xGyVB2cE8dTeNfcxxjBCW7rJJ5l

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Partido de André Ventura cancela o Chega Fest com a justificação dos incêndios

Chega é contra a proibição de festivais em zonas florestais? “Calor sempre existiu”

Cartaz do Chega Fest provocou várias reações! Coachella! Foclórico! Espaços fechados?

Partilhe

Leave a Reply