André Ventura, Cheganos Oficiais, José Pacheco

André Ventura foi “desautorizado” pelo deputado único do Chega nos Açores que não acatou “ainda” as instruções

André Ventura foi “desautorizado” pelo deputado único do Chega que não acatou “ainda” a decisão de retirar oficialmente o apoio ao Governo Regional dos Açores.
Segundo José Pacheco as negociações ainda estão a decorrer e o Chega vai dar uma “última oportunidade” ao Governo regional dos Açores, liderado pelo PSD, pois afinal “nada está fechado”. Segundo o dirigente açoriano esta posição terá o acordo do próprio Ventura:

O que eu disse é que ainda estamos em conversações. Espero que até ao final de quarta-feira possamos dizer ‘sim ou sopas’.

Na quarta-feira André Ventura tinha marcado uma conferência de imprensa no Parlamento, para retirar oficialmente o apoio parlamentar ao Governo Regional dos Açores:

A direção nacional do Chega e eu, como seu presidente eleito nas últimas eleições diretas, daremos instruções para que cesse o apoio do Chega ao Governo Regional dos Açores.
As instruções que daremos é que o Chega deixe de suportar, já neste orçamento, o Governo Regional dos Açores, por não se ter comprometido com a luta contra a corrupção, na diminuição no tamanho do Governo, na luta contra a subsidiodependência, particularmente por ter enveredado por uma atitude nacional e regional de hostilização do Chega, do seu presidente, do seu programa e dos seus militantes

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Ex-deputado do Chega nos Açores responde às “birrinhas do lisboetazinho malcriado” André Ventura sobre a intenção de quebrar acordo com o PSD

Chega dos Açores acusado de falsificação de resultados eleitorais e de uso indevido de dados pessoais

Ex-Líder do Chega nos Açores diz que a “Seita de Carneiros Doentes” tem muitas ligações a negócios escuros

Partilhe

Leave a Reply