Amigos dos Cheganos, Manuela Tender, Sérgio Ramos

André Ventura escolheu dirigente afastada da lista de deputados do PSD em 2019 para liderar lista do Chega em Vila Real 3 dias depois de ter anunciado outro candidato

O partido que se diz anti-sistema continua a receber os dirigentes que fizeram durante décadas parte dos partidos do Sistema, mas que por algum motivo foram afastados ou não conseguiram ascender da forma que pretendiam.
Três dias depois de ter anunciado Sérgio Ramos, ex-candidato à Câmara Municipal de Vila Real, como cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Vila Real às Eleições Legislativas de 2022, André Ventura voltou atrás e anunciou a “independente” Manuela Tender como Nº 1 dessa lista.
A ex-deputada do PSD durante dois mandatos pelo círculo de Vila Real, foi afastada da lista do sociais-democratas às legislativas de 6 de outubro de 2019, ao contrário do que seria a sua vontade. Manuela Tender disse na altura que o seu trabalho como deputada acabou por não ser avaliado nem valorizado, referiu na altura que o processo de escolha dos candidatos não foi o mais transparente.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Chega com campanha “igual” à do PSD na Câmara da Amadora! Só querem fazer Tremer o Sistema!

Lista dos Conselheiros Nacionais do Chega sem Vila Real, sem Lucinda e com pelo menos 7 que já estiveram de castigo

O “desaparecido” Presidente da Mesa regressou e afirma que o Chega está a ser “infiltrado por parasitas do Sistema”

Partilhe

Leave a Reply