Cheganos Oficiais, Israel Pontes, José Lourenço, Rui Afonso

Vários militantes do Chega confirmam tentativa de agressão do Presidente da Distrital do Porto a ex-líder da Concelhia de Matosinhos

No inicio de novembro foi comunicado na página da Distrital do Porto do Chega a exoneração de Israel Pontes da liderança da Concelhia do Chega de Matosinhos, por ameaças à integridade física do Presidente da Comissão Política Distrital, Rui Pedro da Silva Afonso.
O ex-candidato à Câmara Municipal de Matosinhos contra-atacou através de um artigo publicado no Novo, onde desmente que tenha sido ele a ameaçar, e afirma que pediu ao Conselho de Jurisdição Nacional do Chega que fosse instaurado um processo disciplinar contra Rui Afonso.
No documento a que o jornal teve acesso, Israel Pontes Augusto explicou que durante uma reunião os ânimos exaltaram-se e que só não foi agredido pelo líder da Distrital do Porto porque os outros militantes não deixaram.

Começou a berrar e esgrimir argumentos para se desculpar tendo a discussão ultrapassado o razoável em termos verbais e tom de voz.

O ex-presidente do Chega Matosinhos alega que apesar de ter permanecido sentado, que Rui Afonso se levantou do palanque e se dirigiu a ele “numa manobra de intimidação, e de uma forma violenta, apontando o dedo e com tom de voz muito elevado, reforçando assim a sua posição de intimidação e ameaça”.
O ex-líder do Chega Porto, José Lourenço, partilhou o artigo do jornal e escreveu:

Então, o Sonso já quer bater? E ainda se faz de vítima? Só foi pena o Israel Pontes, não lhe ter dado duas talochadas. Israel, ele estava sóbrio?

Israel Pontes respondeu a José Lourenço:

Não tinha levado o alcolimetro nesse dia José Lourenço mas a resposta é óbvia… ele bem que queria ter levado umas talochadas para depois mais uma vez se vitimizar mas não lhe dei esse prazer, bater só em Homens e em último recurso…

João Leitão, ex-Vice do Chega Maia, confirmou as acusações de Israel Pontes:

Eu estava lá e posso confirmar que o que o Israel diz é verdade!

Fernando Arriscado, ex-líder do Chega da Póvoa do Varzim, também confirmou:

Eu assisti e corroboro o que o Joao Leitao diz e logicamente, o que o Israel Pontes relata na queixa que apresentou.

Hugo Paulos, ex-candidato do Chega à Junta de Freguesia do Bonfim, também testemunhou:

Eu assisti tudo, é 100% verdade o que Israel Pontes disse

José Lourenço respondeu a Hugo Paulos:

nunca tive dúvidas. No entanto, se houvessem, já há testemunhas suficientes. O Sonso tem de ir para a rua.

Hugo Paulos confirma que foi ele que impediu a agressão:

fui eu que me meti a frente dele. O Israel Pontes estava sentado na cadeira ao fundo da sala.

João Almeida confirma também a tentativa de agressão:

Estive presente e confirmo tudo o que o Israel Pontes disse.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

O novo Coordenador da Concelhia do Chega no Porto é acusado de ter agredido militante com “Socos e Pontapés”

Líder da Concelhia do Chega de Matosinhos foi exonerado por ameaças ao Líder da Distrital do Porto

Líder da Lista B a Delegados ao Congresso pelo Porto foi exonerado pelo líder da Lista A

Partilhe

Leave a Reply