André Ventura, Cheganos Oficiais

Supremo Tribunal de Justiça manteve condenação de André Ventura por Segregação Racial

Supremo Tribunal de Justiça manteve a condenação de André Ventura, por Segregação Racial contra a família do Bairro da Jamaica, Seixal. O líder do Chega ficou obrigado a pedir desculpas à família Coxi por “ofensas ao direito à honra” ao chamar-lhes “bandidos”.
Em 14 de setembro o Tribunal da Relação de Lisboa tinha confirmado a sentença que condenava André Ventura, mas o líder do partido de extrema-direita recorreu para a última instância.
O comentador do CMTV e o Chega foram condenados a pedir desculpas públicas, na conta do Twitter do partido, à família Coxi, do bairro da Jamaica, Seixal, a quem o deputado tinha chamado “bandidos”, em janeiro passado num debate das eleições presidenciais com Marcelo Rebelo de Sousa, que visitara aquela família – que em 2019 se envolveu em confrontos com a PSP, num caso que ainda está nos tribunais.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

O condenado André Ventura insiste em fazer publicações sobre a acusação a elementos da Família Coxi

Chega foi obrigado a publicar no Twitter a sentença onde o partido e André Ventura foram condenados por difamação e calúnia de família Coxi

André Ventura e Chega têm 30 dias para pedir desculpa a família do Bairro da Jamaica

Partilhe

Leave a Reply