André Ventura, Cheganos, Cheganos Oficiais

André Ventura e Chega têm 30 dias para pedir desculpa a família do Bairro da Jamaica

André Ventura afirmou mais que uma vez que nunca pediria desculpa à família do Bairro da Jamaica, a quem se referiu como “bandidos” durante um debate da campanha presidencial, mas agora tem que o fazer em vários locais.
O ex-comentador do CMTV e o Chega têm 30 dias para publicar retratação pública das ofensas dirigidas à família a quem chamaram “bandidos” e “bandidagem”, e se não o fizerem nesse prazo, terão de pagar 500 euros por cada dia que passar, além disso terão de pagar 5000 euros por cada ofensa futura àquelas sete pessoas.
A juíza Fátima Preto, da primeira instância do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, reconheceu “a ilicitude das ofensas ao direito à honra e ao direito à imagem” dos autores da ação (os sete membros da família Coxi) e condenou André Ventura e o Chega a retratarem-se dessas ofensas nos locais onde as concretizaram – SIC, SIC Notícias, TVI e conta do partido no Twitter, onde deve ser também reproduzida a sentença.
O Líder e o partido de extrema-direita ficam também condenados a “abster-se de proferir ou divulgar, no futuro, declarações ou publicações, escritas ou orais, ofensivas ao bom nome” dos membros da família.

Artigo Relacionado

André Ventura afirma que não pede desculpa e fica à espera da sentença

Partilhe

Leave a Reply