Cheganos Oficiais, João Tilly

Presidente do Conselho Nacional do Chega considerado extremista e violento pelo Facebook

João Tilly, Presidente do Conselho Nacional do Chega, foi apelidado pelo Facebook como extremista, os grupos a que pertence considerados como violentos que tentam manipular a raiva e a desilusão dos seguidores, e os conteúdos que publica identificados como extremistas prejudiciais.
Foi o próprio professor de matemática que partilhou a imagem do alerta que alguns dos seus seguidores recebem quando tentam aceder aos seus conteúdos, e escreveu:

Eu, que sou completamente inofensivo e me farto de rir nos meus directos, sou apelidado de extremista, pelo facebook. Que vergonha! Se fosse da extrema esquerda era elogiado! Vejam ao que isto chegou!

O militante N.º 35 do partido de extrema direita é um Negacionista, e tanto no seu Blog, como no Youtube ou no Facebook, promove uma campanha contra a vacinação. Num dos seus artigos no seu Blog, com o título “O negócio multimilionário das vacinas obrigatórias – INFORMEM-SE E NÃO SE DEIXEM ENGANAR PELO LOBBY FARMACÊUTICO”, escreveu:

Eu, com quase 57, apesar de nunca ter estado gravemente doente, aprendi pelo que vi – e se eu vi coisas! – que a medicina em Portugal, nomeadamente no SNS, para doentes “anónimos” é uma treta pegada, pouco mais do que uma curandice.
Por isso digo: NUNCA na minha vida – mas NUNCA MESMO – eu me vacinaria a mim ou vacinaria um filho meu, se voltasse a ter mais algum.
E por apenas um motivo: TODOS.

As opiniões polémicas de João Tilly motivaram já a criação de uma petição, a ser enviada para o Reitor da Universidade de Coimbra, a pedir a sua demissão:

Nós, os cidadãos portugueses e do mundo, exigimos a demissão imediata do engenheiro mecânico João Tilly, da FCTUC . Não é aceitável que um ser abjecto destes, terraplanista, defensor de vacinas à base de sabão, racista, xenófobo e fascista tenha qualquer envolvimento na formação dos jovens de Portugal.

Partilhe

Leave a Reply