Cheganos de outros partidos, Rui Rio

Rui Rio afasta a possibilidade do Chega integrar um Governo do PSD

André Ventura disse na 3ª feira em entrevista na TVI24 que só aceita viabilizar um Governo do PSD se o seu partido ficar com os Ministérios da Justiça, da Segurança Social, Agricultura e Administração Interna.
Rui Rui esclareceu ontem em Grande Entrevista da RTP3 que exclui o Chega das soluções de governo. O “ainda” líder do PSD está disposto a negociar com o PS para garantir a governabilidade, mas só aceita acordos de Governo com o CDS e a Iniciativa Liberal, onde aceita que membros desses partidos façam parte de um seu executivo.
Quanto ao partido de André Ventura, à semelhança do outro candidato do PSD, Paulo Rangel, o ex-presidente da Câmara Municipal do Porto, afasta qualquer possibilidade de membros do Chega integrarem um Governo PSD:

Eu sempre disse se o Chega se moderar podemos conversar, mas não é isso que está em causa, para uma coligação pré ou pós eleitoral com o Chega não, e como o Chega diz, que não há Chega se não houver elementos do Chega no Governo, o problema desapareceu.

Vídeo no site da RTP

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Paulo Rangel prefere governar sem maioria do que fazer acordos com o “partido radical” Chega

André Ventura diz que não se quer meter entre candidatos do PSD mas Rangel é Fraco, Frouxo, ligado ao PS, Dependente

Rui Rio diz que o Chega não se moderou e por isso neste momento não é possível fazer acordos

Partilhe

Leave a Reply