Cheganos Oficiais, Inês da Graça Louro, Pedro Castelo Xavier

Vereadores eleitos pelo Chega: Ex-Presidente da Junta pelo PS e ex-Vereador do PSD que fez acordo com o PS

Os eleitos pelo Chega em Loures apresentaram uma Carta de Renúncia de Mandato em Branco, mas nem todos vereadores do Chega são propriamente um exemplo de lealdade política:

  • Maria Inês da Graça Louro – Vereadora eleito pelo Chega em Azambuja.
    Ex-líder das Mulheres Socialistas de Azambuja, ex-Presidente da Junta de Freguesia de Azambuja pelo PS, ou seja trocou a liderança da freguesia, pelo mandato de vereadora, numa autarquia com maioria de esquerda.
  • Pedro Castelo Xavier – Vereador eleito pelo Chega em Portimão.
    Ex-vereador eleito pelo PSD na Câmara Municipal de Portimão nas autárquicas em 2013, foi-lhe retirada a confiança politica pelo partido social-democrata depois de ter feito acordo com o PS/Portimão. O ex-coordenador do Partido Aliança da concelhia de Portimão foi agora eleito vereador numa autarquia com maioria socialista.
  • Fernando José Dantas da “Feitor” Silva – Vereador eleito em Vila Verde.
    Ex-deputado municipal pelo Partido Socialista. Vila Verde tem uma maioria social-democrata.
  • Bruno Miguel de Oliveira Nunes – Vereador eleito pelo Chega em Loures.
    Ex-deputado da Assembleia de Loures, eleito em 2017 como independente pelo PPM em coligação com o PSD.
  • Nuno Manuel Pinto Afonso – Vereador eleito pelo Chega em Sintra. Ex-candidato autárquico pelo PSD em Loures em 2017.
PODE QUERER VER TAMBÉM:

Eleitos pelo Chega em Loures entregaram Carta de Renúncia de Mandato em Branco “1000% André Ventura”

Candidato do Chega a Portimão perdeu a confiança política do PSD em 2014 depois de fazer acordo com o PS

Presidente da Junta da Azambuja (Chega) e empresário do Campo Pequeno metem na Lista Negra os artistas que são contra as touradas

Partilhe

Leave a Reply