Cheganos Oficiais, Últimas Notícias

Dono do grupo Barraqueiro diz que não é simpatizante do Chega e que o donativo foi feito pelo filho

A revista Sábado avança com o nome de empresários que apoiam monetariamente o Chega: Humberto Pedrosa, dono do grupo Barraqueiro e então administrador e acionista da TAP, e João Maria Bico Bravo, magnata da área da Defesa e dono do grupo Sodarca
Humberto Pedrosa garantiu à revista que a informação era completamente falsa: “nego veemente que alguma vez ou nalguma circunstância tenha feito qualquer donativo ao Chega”, no entanto as faturas que o próprio Chega apresentou na Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP), assim como os relatos de quem esteve presente no almoço, mostram o contrário.
Agora em declarações à Lusa, Humberto Pedrosa afirma que o donativo ao partido Chega que surge em seu nome, de cinco mil euros, trata-se de um “donativo único”, feito a “nível pessoal” pelo filho com uns “quantos amigos”, que surge associado ao seu nome porque foi emitido através de uma conta conjunta da qual o próprio é titular.
O empresário afirma que nunca falou pessoalmente, ou com algum representante do Chega, e que não é nem militante nem simpatizante do partido e que nunca o financiou:

Não me revejo no discurso e na prática política de partidos extremistas. Não posso aceitar que utilizem o meu nome abusivamente em manobras políticas rasteiras. Pelo tipo de insinuações de que estou a ser alvo, é fácil perceber as intenções. Tenho um histórico e um passado pessoal e empresarial que ninguém conseguirá manchar. Sobre as minhas convicções políticas, a todos os que importa, sabem quais são

Segundo a Sábado, o advogado Francisco da Cruz Martins facilitou almoços com amigos de caça endinheirados para angariar apoios financeiros ao Chega.
Quanto a João Maria Bravo, com base nas faturas entregues pelo Chega à ECFP, fez uma transferência de 5 mil euros ao partido no dia 26 de junho. Empresário de peso na Defesa e Administração Interna, lidera o fornecimento de armas, munições, tecnologia e equipamento militar ao Estado através do grupo Sodarca. Certificado pela NATO, o grupo tem empresas como a Helibravo, que fornece helicópteros ao Estado, e a Sodarca Defense, distribuidora das armas Glock em Portugal.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Maria Vieira recusa-se a fazer testes e a ser vacinada e ficou novamente de castigo no Facebook

Cigano do Ferrari já respondeu! O Engenheiro não vive do RSI, tem 16 funcionários e não é de Reguengos de Monsaraz

Militante do Chega afirma ser vítima de Xenofobia por parte de dirigentes da Distrital de Braga

Partilhe

Leave a Reply