Cheganos Oficiais, Pedro Arroja

Mandatário Nacional do Chega está “bastante dececionado” com as propostas de André Ventura na Justiça

Pedro Arroja, Mandatário Nacional do Chega para a campanha das eleições legislativas de janeiro de 2022, confessa que está “bastante dececionado” com as propostas para a justiça do grupo parlamentar do partido de André Ventura.
O economista, que defendeu que a ascensão generalizada das mulheres nas direções partidárias é um sinal da degenerescência dos partidos, escreveu uma mensagem no seu Blogue, onde critica André Ventura, que se propunha realizar “uma profundíssima reforma da justiça”, mas que “a única coisa que fez foi apresentar propostas que aumentam as penas de prisão para certos crimes”.

São propostas avulsas que nada representam em termos de “uma profundíssima reforma da justiça” e que não me entusiasmam particularmente nem são prioritárias num país, como Portugal, que é considerado um dos países mais pacíficos do mundo

Mensagem completa no Blog Portugal Contemporâneo.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Mandatário do Chega às Legislativas de 2022 admira Salazar, foi condenado por difamação e acha que “Elevar mulheres à direção de partidos é enfraquecer”

Mandatário Nacional do Chega diz que a justiça está corrompida e que se deve acabar com o crime de difamação

O nacionalista André Ventura é o único líder político que vai passar férias no estrangeiro

Partilhe

Leave a Reply