Cheganos Oficiais, Israel Pontes

Ex-líder do Chega Matosinhos que terá sido alvo de tentativa de agressão do Presidente da Distrital foi suspenso por 6 meses

Israel Pontes Ramos Lopes Augusto foi hoje suspenso por um período de 6 meses e vai ser proposta a sua expulsão ao Conselho de Jurisdição. Já não é uma situação nova para o ex-candidato do partido de André Ventura a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos pois em fevereiro deste ano já tinha sido alvo de um castigo de 3 meses, também com proposta de expulsão ao Conselho de Jurisdição.
Israel Pontes foi exonerado da liderança da concelhia do Chega de Matosinhos, em novembro do ano passado, por ameaças à integridade física do Presidente da Comissão Política Distrital, Rui Pedro da Silva Afonso.
O ex-dirigente do partido de extrema-direita defendeu-se e acusou Rui Afonso de tentativa de agressão, situação que foi testemunhada por vários militantes do Chega, mas que não serviu para o deputado do Chega eleito pelo Porto ser alvo de castigo por parte do Conselho de Jurisdição Nacional, órgão que recebeu queixa de Israel Augusto.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Vários militantes do Chega confirmam tentativa de agressão do Presidente da Distrital do Porto a ex-líder da Concelhia de Matosinhos

Líder da Concelhia do Chega de Matosinhos foi exonerado por ameaças ao Líder da Distrital do Porto

Conselheiro Nacional Nº 16 colocado de castigo por 6 meses e já não vai poder votar a Moção de Confiança a André Ventura

Partilhe

Leave a Reply