Bruno Horta Soares, Catarina Martins, Cheganos de outros partidos, Miguel Lourenço

Até os cheganos ficaram surpreendidos com o saudosismo “estranho” do candidato do Iniciativa Liberal a Lisboa

Bruno Horta Soares, candidato a Presidente da Câmara Municipal de Lisboa pela Iniciativa Liberal, fez um Tweet polémico, digno de um Chegano, de tal forma que até o candidato do Chega à Câmara Municipal do Sabugal, Miguel Lourenço, o partilhou e escreveu:

O candidato da Iniciativa Liberal a Lisboa está com um saudosismo estranho..

O Tweet da polémica, escrito por Bruno Horta Soares:

Red circleBlue circleTERRA DAS OPORTUNIDADES
Há 70 anos, dois jovens deixavam a Beira Alta rumo a Lisboa à procura de uma vida melhor. Hoje vivemos com menos liberdade porque cada vez menos ouvimos histórias felizes onde as pessoas são as personagens principais!
#EstáNaHora da esperança voltar

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, reagiu:

Há 70 anos (79, na verdade) um jovem médico abriu a porta de casa para ajudar numa urgência, que se revelou uma cilada da PVDE/PIDE. Mataram-no. Era meu tio-avô e foi assassinado à frente da irmã. Há 70 anos era-se morto por desejar liberdade.

Depois de várias criticas, algumas de apoiantes do Iniciativa Liberal, Bruno Horta Soares tentou esclarecer:

Red circleBlue circleFASCISMO NUNCA MAIS.
COMUNISMO NUNCA MAIS (1/4)
Um tweet meu originou inúmeras suposições e interpretações e como tal só posso concluir que foi mal escrito por mim!
A urgência de colocarmos a funcionar o elevador social em Portugal e de dar esperança de uma vida melhor
(2/4) aos portugueses fez-me usar como homenagem aos meus avós a sua história de superação pessoal.
Apenas pretendi destacar a sua história de procura de uma vida melhor num tempo de fascismo e miséria. Jamais defendi ou defenderei regimes totalitários de esquerda ou de direita,
(3/4) obviamente que repudio o Estado Novo e como tal também só posso repudiar o aproveitamento político que possa ser feito do tweet para insinuar defesa do Estado Novo
(4/4) Desde a fundação da Iniciativa Liberal que defendi mais Liberdade Política, Económica e Social e é essa democracia liberal mais forte que acredito num país mais próspero onde cada português se possa realizar no máximo do seu potencial em total liberdade.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Candidato do Chega a Lisboa criticado por quase todos! Até os cheganos não gostaram de Nuno Graciano

Sondagem a Lisboa: Medina à frente de Moedas e Chega não chega aos 5%

Candidato do Chega a Freguesia de Lisboa, ex-PS, PDR, PSD, tentou entrar na candidatura de Carlos Moedas e expôs ao “ridículo” André Ventura

Partilhe

Leave a Reply