André Ventura, Cheganos Oficiais

André Ventura vai ser candidato em Moura depois de ter dito que não se candidataria às autárquicas

André Ventura já tinha dito que não se candidataria às autárquicas, até porque não queria ser o João Ferreira do Chega, mas agora André Ventura volta atrás com a sua palavra, não é novo, e vai concorrer à presidência da Assembleia Municipal de Moura. O sintrense levanta mais uma vez a bandeira contra a minoria mais desfavorecida em Portugal: “a comunidade cigana terá de cumprir as regras, quer queira, quer não. A bandalheira vai acabar”.
André Ventura alcançou 30% no concelho de Moura nas Eleições Presidenciais, ficou a menos de 400 votos de Marcelo Rebelo de Sousa, conseguindo mesmo ser o mais votado em duas das cinco freguesias do concelho. Não foi esclarecido pelo líder do Chega, o que acontecerá se for eleito, se vai deixar de ser deputado, ou ministro, para se sentar na Mesa da Assembleia da cidade alentejana.
Moura em 2017, foi um concelho maioritariamente à esquerda, com a luta a ser entre o PS e a CDU:

  • PS: 48,34%
  • PCP/PEV: 39,33%
  • PPD/PSD: 7,95%
  • CDS: 1,20%
    Votantes: 53,19%

Álvaro Azedo, atual Presidente da Câmara Municipal de Moura, é o candidato do PS, André Linhas Roxas é o cabeça de lista pela a CDU, enquanto que Luís Salvador é o candidato pelo PSD a Moura nas .

Partilhe

Leave a Reply