André Ventura, António Costa, Cheganos Oficiais, Dina Nunes Ventura

André Ventura acusa a Covid-19 de ser aliada de António Costa “Parece que agora vivemos no país das maravilhas”

André Ventura discursou ontem na Rentrée do partido no Algarve, mas não teve o apoio da sua esposa, Dina Nunes Ventura, talvez ainda não recuperada de ter sido apanhada com cara de poucos amigos em foto da Direção onde ficou à parte.
O líder do Chega, que depois de recuperar da Covid-19 foi passar umas “merecidas” férias na Grécia, acusou a Covid de ser aliada de António Costa:

Subitamente e miraculosamente, a vinte e tal dias das eleições autárquicas, já não há internamentos, nem os telejornais abrem com os casos mortais de covid-19. Parece que agora vivemos no país das maravilhas que vai receber milhões da Europa, que a covid desapareceu e que [o primeiro-ministro] António Costa de férias, aqui no Algarve, se apresenta como o libertador de Portugal.

André Ventura disse que o recente alívio das medidas de combate à pandemia de covid-19 “é uma das maiores fraudes políticas dos últimos anos” e que os portugueses a vão pagar “muito caro”.

António Costa é muito hábil e conseguiu, de facto, isto, extraordinário, que é: por sorte do Partido Socialista, só quando começam a chegar as eleições que mais lhe interessam é que, subitamente, se começa a falar de deixar de usar máscara, os restaurantes podem reabrir, os setores podem todos funcionar

Segundo o comentador do CMTV, agora que se aproxima as eleições autárquicas marcadas para 26 de setembro “já ninguém quer saber nem do Rt, nem dos índices de incidência, nem da mortalidade, nem dos internamentos” provocados pela covid-19.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Esposa de André Ventura apanhada com “cara de poucos amigos” em foto da Direção do Chega #SalvemARitinha

André Ventura imita Donald Trump e dança ao som de Hino Gay no final do Congresso

Mandatário e Nº 2 da Lista do Chega à Câmara da Moita é dono de Bar Gay e fundador de Associação LGBTI

Partilhe

Leave a Reply