Cheganos Oficiais, Últimas Notícias

O Chega perdeu na “guerra” de propostas com o PCP e foi o único partido que não teve nenhuma medida aprovada no Orçamento de Estado

Orçamento de Estado foi aprovado hoje com 120 votos a favor (PS), 5 abstenções (os 3 deputados do PSD Madeira e os deputados únicos do Livre e o PAN) e 105 votos contra (restantes partidos).
O Partido Socialista acabou por viabilizar propostas de quase todos os partidos, com destaque para o Livre e PAN, que juntos viram aprovadas 51 propostas de alteração, seguindo-se o PSD com 7 medidas (quatro dos deputados do PSD Madeira), o Iniciativa Liberal com cinco propostas, o Bloco de Esquerda com duas e o PCP com apenas uma.
O Chega, apesar de conseguir fazer muito “barulho”, foi o único partido que não viu nenhuma medida aprovada.
No número de propostas apresentadas o partido de André Ventura perdeu na “guerra” com o PCP ao submeter 309 propostas, pois os comunistas levaram a votos 353. Inês Sousa Real (deputada única do PAN) submeteu 244 propostas, seguindo-se o PSD com 178, o Bloco de Esquerda com 137, a Iniciativa Liberal entregou 127, Rui Tavares (deputada único do Livre) 84, enquanto que o PS ficou-se pelas 68 propostas de alterações.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

O Chega foi o único a votar contra a proposta para alargar o subsídio de desemprego às vítimas de violência doméstica

Chega foi o único partido que não votou a favor do aumento extraordinário dos pensionistas

André Ventura enganou-se mais uma vez nas previsões! “Não se iludam! O Orçamento vai passar!”

Partilhe

Leave a Reply