André Ventura, Contradições do Chega, Francisco Rodrigues dos Santos, Rui Rio

André Ventura não ia jamais aceitar acordos com os partidos do sistema? Agora quer formar uma Aliança de Direita

André Ventura enviou uma carta a Rui Rio, Francisco Rodrigues dos Santos e João Cotrim de Figueiredo para participar numa conferência conjunta. O líder do Chega, que em 2020 dizia que não ia jamais aceitar acordos com os partidos do sistema, quer agora formar uma aliança de direita para combater o socialismo em Portugal.
O deputado único do Chega convidou os líderes dos partidos PSD, CDS e Iniciativa Liberal para uma conferência que tem em vista a criação de um Governo alternativo ao de António Costa, e caso aceitem o convite, a conferência terá lugar em setembro, após as eleições autárquicas.
Uma contradição, tendo em conta que no dia 4 de agosto de 2020, André Ventura escreveu:

O CHEGA não vai jamais aceitar acordos com os partidos do sistema. A nossa luta é para governar Portugal. Se o PSD quiser dar um sinal de boa vontade para a construção de um diálogo que antes nunca aceitou, pode começar por suportar a nossa proposta de revisão constitucional que dará entrada em Setembro : menos deputados, menos políticos, penas mais pesadas contra a corrupção e castração química de pedófilos, entre outras.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Candidata do Chega a Vendas Novas vende artigos de Bruxaria e dá consultas de Cartomancia no Facebook

Cigano do Ferrari já respondeu! O Engenheiro não vive do RSI, tem 16 funcionários e não é de Reguengos de Monsaraz

Chega critica os Familygates na Política mas tem vários no Partido e na Direção

Partilhe

Leave a Reply