Cheganos Oficiais, Fernanda Marques Lopes, Nuno Afonso

Vários fundadores, conselheiros e dirigentes do Chega não tiveram “medo” e reagiram à exoneração de Nuno Afonso

Foram vários os Fundadores, Conselheiros Nacionais e Dirigentes do Chega, que não tiveram “medo” de ficarem de “castigo” e reagiram à exoneração de Nuno Afonso, fundador e militante Nº 2, de Chefe de Gabinete de Assessores do partido de André Ventura.
Fernanda Marques Lopes, fundadora, ex-dirigente da Direção Nacional e militante Nº 3 do Chega, que impugnou recentemente junto do Conselho de Jurisdição a decisão tomada na última reunião do Conselho Nacional realizado no Porto:

És um ser humano extraordinário, com qualidades invejáveis, que sabe subir sem pisar em cima de ninguém. Tem sido um privilégio, uma honra, acompanhar-te quase há 4 anos. Cá temos estado e aqui estaremos.
A ti, sim, tenho o orgulho de te chamar Amigo.

Marcus Santos, dirigente da Distrital do Chega Porto, escreveu:

Não sei o que se passa mas o Nuno Afonso e qualquer outro fundador do partido merece todo o meu respeito.
Se hoje sou CHEGA agradeço aos fundadores deste projecto.
Viva Portugal 🇵🇹🙏🏾

Eugénia Santos, vice-presidente do Chega Braga:

Só tens que agradecer, ainda te confundiam. Tenho amigos deputados que representam outros partidos que se têm divertido imenso com tanto profissionalismo e, sobretudo elegância e classe.
Agradeço a Deus por me mostrar o caminho e não andar de braço dado com tais criaturas. Pena é ter ajudado a dar rendimentos a subsidiodependentes do submundo. Sim, e Deus não fala nem encaminha os fracos de espírito!
Segue em frente, daqui a 4 anos vamos ver de que vão viver.

Martim Mello Machado, Conselheiro Nacional Nº 61 e deputado na Assembleia de Freguesia Cascais/Estoril:

Removido por . . . Rui Paulo Sousa.
Não comento para não ser expulso. Estamos juntos, Nuno!

Nelson Dias da Silva, ex-Secretário da Mesa da Convenção Nacional do Chega:

Os militantes deste partido não podem ficar reféns de um líder. Não podem continuar a ser ameaçados e silenciados por discordarem politicamente das posições de um único homem.

Helder Gavaia, militante de base:

Eu vou comentar e se me expulsarem nada perco, aliás ate ganho um pequeno almoço com a quota de militante. O chega esta a fugir da linha que mobilizou milhares de portugueses. O chega não passa de retórica , de palavras ocas, grita se por algo mas nas catacumbas do poder faz se rigorosamente igual. O Nuno sempre manteve a filosofia do chega inicial.. como militante da base do partido vejo que uma nova vaga de militantes esta de assalto ao poder. Agora querem me expulsar façam me esse favor, mas posso garantir que a união de freguesias que liderei vai seguir me. Um líder não é ditador, um líder motiva, respeita os seus subordinados.

Joaquim Chilrito, Conselheiro Nacional, fundador e ex-adjunto da Direção Nacional, cabeça de lista às legislativas de 2019 pelos Açores:

No início de Março de 2021, afastei-me de livre vontade dos centros de decisão do partido!
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=503258274000106&id=100029478137709
Não podia compactuar com o que se estava a passar e a preparar internamente para o futuro!
Foi em boa hora que a minha experiência me “avisou” para o que aí vinha… e que se veio a confimar infelizmente!
O Tiago Sousa Dias percebeu um ano mais tarde, depois de ter trabalhado imenso, que a sua contribuição não foi para o partido, mas para satisfazer ambições pessoais de quem não detinha, nem detém, o seu conhecimento profissional.
O teu caso, caro Nuno Afonso , é exactamente igual, só que ainda com muito mais tempo e trabalho, desenvolvido em prol dos mesmos…!!
Pessoalmente, adoro contribuir graciosamente, para aquilo em que acredito! Felizmente a minha actividade profissional permite-me satisfazer estes desejos e paixões!
Mas detesto dar peixe, a quem não sabe, e não quer…pescar!!!
Como tal, e apesar das divergências entre ambos, relativamente a alguns processos que não importam agora nada, entendo que devo deixar-te publicamente um Abraço!!

Carlos Augusto Furtado, ex-líder do Chegas Açores:

Quando alguém pensa e é mais bem sucedido que o grande líderzinho,, fica logo marcado, daí até levar um par de patins, é só uma questão de tempo, Nuno Afonso, bem vindo ao clube dos sobreiros invejados, gr. abraço.

Patricia Sousa Uva, ex-Mandatária Nacional de André Ventura nas eleições presidenciais:

“A maior fraude da história da política portuguesa” a ficar cada vez mais descoberta. Um dia as pessoas entenderão o que esta afirmação significa.
Um beijinho Nuno.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

André Ventura demitiu de chefe de gabinete de assessores o fundador do partido Nuno Afonso (militante Nº2)

Pai da deputada do Chega demitiu-se de Assessor do Grupo Parlamentar do partido de André Ventura

Fundadora do Chega impugnou no Conselho de Jurisdição a decisão do partido de suspender as eleições internas

Partilhe

Leave a Reply