Cheganos Oficiais, Pedro Magrinho

Primeiro PSP autorizado a ser candidato a uma Autarquia é do Chega e é presidente de Sindicato da Polícia

O primeiro PSP autorizado a ser candidato a uma Autarquia é do Chega! Segundo o Correio da Manhã, a Direção-Nacional da PSP autorizou a candidatura de Pedro Magrinho, um chefe que presta serviço na Divisão de Sintra, à presidência da União de Freguesias de Bobadela, São João da Talha e Santa Íria de Azóia, em Loures.
É a primeira candidatura autárquica, em 44 anos, autorizada pela Polícia de Segurança Pública, pois de acordo com a lei eleitoral para os órgãos autárquicos, os elementos das forças de segurança são inelegíveis nos atos eleitorais para o poder local.
O presidente da Federação Nacional dos Sindicatos da Polícias, já tinha sido o número dois da lista do Chega por Setúbal, nas Eleições Legislativas de 2019.
Segundo Pedro Magrinho explicou, o pedido foi feito à PSP com o compromisso da “apresentação de uma licença sem vencimento durante um mês, 1 a 30 de setembro, para a participação na campanha autárquica”.
O policial vai apresentar-se nas listas ao concelho de Loures do partido Chega, que foram igualmente aceites pelo tribunal de Loures.

ATUALIZAÇÃO:

Correio da Manhã escamoteou notícia e afinal a PSP não autorizou o Presidente do Sindicato da Polícia a ser candidato do Chega e vai instaurar inquérito

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Líder de Sindicato da Polícia quer que o Chega seja ilegalizado e diz que há quem pague para ser deputado

Chega suspendeu por 90 dias o líder do Sindicato Unificado da Polícia “Abandono, desiludido com o André”

Racismo ou Má formação? Uma Chefe da polícia agride passageiro “sem bilhete” com pontapé nas “partes baixas” (vídeo)

Partilhe

Leave a Reply