Bruno Fialho, Cheganos de outros partidos, Mamadou Ba

Presidente do PDR apresenta queixa no DIAP contra Mamadou Ba pelo crime de Discriminação

Bruno Fialho, presidente do PDR, que integra a Comissão de Honra de Susana Garcia à Câmara Municipal da Amadora, apresentou hoje uma denúncia no DIAP contra Mamadou Ba, pelo crime de “Discriminação e incitamento ao ódio e à violência”, previsto e punido pelo artigo 240.º do Código Penal.
O Partido Democrático Republicano integra, que com o PSD, o CDS, a Aliança e o MPT, a Coligação Dar Voz À Amadora, acusa Mamadou Ba de ter ultrapassado todos os limites da decência humana e incentivando ao ódio contra os portugueses, principalmente os brancos, e neste caso em particular contra Manuel Luís Goucha, a quem o acusou de racismo.
Em causa estão as publicações do dirigente do SOS Racismo onde acusou o apresentador da TVI de ter saído do armário racista e que o seu apoio à candidata “racista” do PSD na Amadora vai para lá do sinistro homonacionalismo.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Mamadou Ba diz que Manuel Luís Goucha saiu do armário racista e é a expressão do homonacionalismo

Manuel Luís Goucha promoveu na TVI a candidatura de Suzana Garcia e agora vai ser o Presidente da Comissão de Honra

Suzana Garcia: “Espero que o Chega seja exterminado, são asquerosos”

Partilhe

Leave a Reply