André Ventura, Cheganos Oficiais, Nuno Afonso, Pedro Pessanha

Militante Nº 2 pondera processo-crime contra o Chega “Que Deus os capacite depressa ou o Grande Responsável disto tudo se retire rapidamente”

Nuno Pinto Afonso, militante Nº 2 do Chega, reagiu em comunicado à retirada da confiança política como vereador do Chega na Câmara Municipal de Sintra por parte da Distrital de Lisboa, numa decisão validada por André Ventura, e pondera “avançar com um processo-crime contra o partido e os dirigentes em causa”.
O líder da oposição interna repudia veementemente o comunicado assinado por Pedro Pessanha, diz que documento “tem como intenção única denegrir a boa imagem e afastar aquele que se assumiu há dias como candidato à liderança do partido”, que recorre a “insultos, mentiras e ao autoritarismo vigente no partido” e “reflete perseguição política e pessoal reiterada, com elevados danos morais e de imagem”.
Nuno Afonso, partilhou o comunicado em baixo, e escreveu no Twitter:

A distrital deu continuidade à onda de aselhices que reina no CH.
Retirou-me confiança política por achar que eu aprovei o Orçamento em Sintra quando ainda nem foi votado.
Que Deus os capacite depressa ou o Grande Responsável disto tudo se retire rapidamente. De outro modo…

Comunicado-Nuno-Afonso

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Menos um autarca do Chega! Partido de André Ventura retira confiança política a vereador da Câmara de Sintra

De 19 Vereadores eleitos pelo Chega: 5 passaram a independentes, 1 foi exonerado, 1 está em “análise”

Nuno Afonso desafia o líder do Chega para um debate: “Não sejas covarde, aceita o desafio! Vão gostar de perceber quem é o verdadeiro André Ventura”


twitter . com / NunoPintoAfonso /status/1595492197482332160

Partilhe

Leave a Reply