Cheganos Oficiais, Cristina Rodrigues

Em 2019 o Chega dizia que a Assessora que contratou em 2022 não fazia a mínima ideia do que queira, do que defendia e nem sequer do que dizia

Em vésperas de eleições legislativas de 2019 o Chega publicou na sua página um vídeo onde Cristina Rodrigues, candidata do PAN por Setúbal, deu uma entrevista e onde revela desconhecer o programa eleitoral do seu partido.
O partido de André Ventura há pouco mais de dois anos atrás dizia que a assessora parlamentar que contratou agora não fazia a mínima ideia do que queira, do que defendia e nem sequer do que dizia, e que não tinha ideias, nem ideais:

O PAN é isto! Um partido de gente que não faz a mínima ideia do que querem, do que defendem, nem sequer do que dizem. Disfarçam-se de um partido fofinho que defendem os animais, mas propõem que assassinos sejam equiparados a vítimas, que se criem laços entre violadores e assassinos, com as suas vítimas e famílias, o PAN não é um partido fofinho, é um partido perigoso, composto por gente sem ideias e sem ideais, espero que se aplique no dia 6, o provérbio, vozes de PAN não chegam à AR.
DIA 6 VOTA CHEGA [X]
#CHEGA


Entrevista completa no Podcast Conversa

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Vice-presidente da Distrital do Chega de Portalegre pediu a demissão por causa da “aquisição” da ex-deputada do PAN

Vice-presidente da Distrital de Évora demitiu-se por causa da “contratação de uma gaja que tem uma ideologia completamente diferente da ideologia do Chega”

Nova assessora do Chega perdeu 1000 seguidores em 24 horas no Twitter e há vários dirigentes a pedir a desfiliação

Partilhe

Leave a Reply