Cheganos Oficiais, Fernando Fernandes

Começou dias antes no Facebook o confronto entre o “idoso” dirigente do Chega “agredido a pontapé” e o dirigente do PSD e já há reações

Não sabemos o que motivou o desentendimento na Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira entre os autarcas do Chega (Fernando Murteira Fernandes) e do PSD (Rui Rei), no entanto, dias antes tinham trocado “bocas” no Facebook na página do líder do PSD nessa concelhia, com acusações de tachos e tachinhos, exigências de desmentidos, ofertas de sais de fruto, kompensat e Gaviscom (pode ver a conversa aqui).
Depois do encontro de ambos na Assembleia Municipal, com acusações de agressões, a página do Chega de Vila Franca de Xira acusou a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira de apagar o vídeo com a parte onde se ouvem os gritos da “agressão”, mas a verdade é que apesar do vídeo ter sido editado, mantém a parte onde se ouve “Fui agredido”, sendo apagando apenas a parte onde a emissão esteve interrompida e estavam a dar vídeos de promoções a Vila Franca de Xira:

uma NOVA VERSÃO do vídeo da Assembleia Municipal, onde ocorreu a agressão do eleito da Nova Geração para com o idoso. Porque é que foi feito? O que há a esconder? Os gritos da agressão? Infelizmente já esperávamos, porque isto já não é democracia nenhuma. ESTAREMOS SEMPRE CÁ PELA VERDADE E COMO A ÚNICA OPOSIÇÃO. #CHEGA #vilafrancadexira #PelaVerdade

A mensagem do Chega de Vila Franca de Xira motivou uma notícia no mirante “Câmara de Vila Franca de Xira edita vídeo e corta som de alegadas agressões“, que não corresponde à verdade, pois a parte onde se ouve o som das alegadas agressões mantém-se no vídeo (como se pode confirmar aqui).
Rui Rei, Presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Vila Franca de Xira, foi o primeiro a reagir nas redes sociais publicando a frase: “Aos burros dá-se palha, não se dá conversa” e escrevendo: “O caminho é em frente!!! Avante amigos!!!!”
Fernando António Murteira Fernandes, o “idoso” agredido (foi desta forma que o Chega identificou o seu militante), autarca do Chega em Vialonga, já reagiu nas redes sociais à suposta agressão de que foi alvo por parte do autarca do PSD de Vila Franca de Xira e presidente executivo da empresa municipal Parques Tejo – Parqueamentos de Oeiras, Rui Rei:

Agressão cobarde por parte de um dirigente do PSD de VFXira,de nome Rui Rei.
Tenho 67 anos e nunca pensei ser agredido a pontapé em plena assembleia municipal de VFXira já me estou a tentar recompor do que me aconteceu . Um dirigente do PSD do partido em que eu militei financiei e dei a cara ao longo de 30 e tal anos.
Há 2 anos por não concordar com o rumo que o PSD estava a tomar ,afastei me e aderi a outro partido o Chega. Fui eleito numa assembleia de freguesia e assim tenho desenvolvido o meu trabalho como devo fazer.
Não aceito este tipo de comportamento por parte de quem quando não tem argumentos parte para a violência, tristeza como está o PSD.
Esse dirigente de VFXira do PSD ao longo dos anos já tem um historial de violência.
Como eu não aturo os seus ataques Ditatoriais porque ja o conheço bem ,agrediu me insultou me e à minha falecida mãe.
Não vale tudo na política por isso da minha parte e da parte do seu partido espero que tenha o que merece .
Já desabafei após 2 dias em que me tentei recompor.
Abraço a todos que leram este meu desabafo.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Presidente da Câmara afirma que Vereador do Chega tentou agredir um deputado municipal do PSD (que terá agredido um autarca do Chega de Vialonga)

Deputada eleita pelo Chega na Assembleia de Vila Franca de Xira passou a independente e revela que autarca do Chega é também militante do PSD

Dirigentes do Chega de Vila Franca de Xira continuam na “lavagem de roupa suja” e Mário Machado não quer ser metido no assunto

Partilhe

Leave a Reply