Cheganos Oficiais, Pedro Bandeira Calheiros

Candidato do Chega a Viseu compara homossexualidade à pedofilia “Sempre houve maricas”

O candidato à Câmara Municipal de Viseu, que tem na sua página no Facebook vários comentários homofóbicos, deu uma entrevista ao Jornal do Centro, onde comparou a homossexualidade à pedofilia.
Pedro Osório Bandeira Calheiros, ex-Comandante da GNR de Viseu e atual Vice-Presidente do Chega de Viseu, esteve envolvido em meados de julho numa polémica com um jovem que o acusou de agressão e de fazer comentários homofóbicos, volta a fazer comentários do mesmo tipo, desta vez à imprensa regional.
Parte da entrevista de Pedro Calheiros ao Jornal do Centro:
Se for eleito, pro exemplo, acabaria com manifestações como as que existem em Viseu da comunidade LGBT?

Eu não tenho nada contra a comunidade LGBT. Mas se não houver mato não há incêndios.

Isso quer dizer o quê?

Se houver necessidade de pôr a arder qualquer coisa vão lá pôr o mato. Se não houvesse pobres havia socialismo? Eu acho que não, porque não havia necessidade. Da mesma forma que se não andassem permanentemente com esta coisa, por exemplo, do “black lives matter” e não sei quê.. as pessoas alimentam isso… não há necessidade

As pessoas ou partidos como aquele que representa?

O Partido que eu represento diz que temos de ser todos iguais. Direitos iguais, deveres iguais. A base de uma sociedade tem de ser isto, caminhar para isto…

A comunidade LGBT existe, mas não precisará de se mostrar porque ainda não tem os seus direitos em pleno?

Nós escusamos é de andar a deitar foguetes a dizer que existem… As pessoas existem porque existem

Portanto ser homossexual não há problema nenhum desde que não se manifestem?

Eu penso que é uma utopia alimentar este tipo de coisas. Porque faz de conta que ela não existem, mas precisam de existir quando elas existem de facto. Sempre houve maricas, desde a Grécia em que os soldados tinham um rapazinho que era a pessoa que lhes fazia tudo e favores sexuais.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Candidato do Chega a Viseu fez comentários polémicos sobre Bruno Candé e Diogo Infante

Militantes do Chega de Viseu acusados de agredirem homossexual! Candidato à Câmara faz comentários homofóbicos

Jovem de Viseu acusa Candidato do Chega de ser um dos agressores e que os insultos homofóbicos começaram há cerca de meio ano

Partilhe

Leave a Reply