Bráulio Moreira, Cheganos Oficiais, João Graça

Bráulio Moreira deve ser afastado mas foi o Chega que o contactou para ser candidato depois do ataque dos cães

Bráulio Moreira, o candidato polémico do Chega à Câmara Municipal de São Brás de Alportel, deverá ser afastado em plena campanha eleitoral, depois do seu comportamento “estranho” em debate autárquico, promovido pelo jornal regional o Sambransense, realizado na sexta-feira, 10 de setembro.
João Paulo da Silva Graça, líder da distrital de Faro, disse ao observador: “é grave retirar um candidato de cena em plena campanha eleitoral, mas ter uma pessoa destas a defender o partido é mais grave ainda”, assumindo que os resultados neste município estão agora “comprometidos”.
O candidato do Chega à Câmara Municipal de Vila do Bispo, João Graça, recusa ainda identificar-se com as declarações do Bráulio Moreira sobre António Costa ou Jorge Sampaio, e revela que foi o Chega que o recrutou depois de o ouvir numa Assembleia Municipal, onde se foi queixar de um “ataque de cães vadios” contra um rebanho de caprinos, que o fez perder 40 animais.
A “coragem a interpelar as pessoas” foi o que levou a distrital do partido a achar que este era o homem certo para esta candidatura, no entanto, o Chega manteve o convite, mesmo depois de ter sido notícia que o ainda candidato à Câmara, à Assembleia e à Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, era acusado de ter morto um cão à paulada.
Ao que tudo indica o processo de saída de Bráulio Moreira não deve passar da próxima segunda-feira, no entanto o partido ainda não tem uma decisão fechada sobre a continuidade desta candidatura e a direção de André Ventura recusa-se a comentar este caso, não respondendo sobre a manutenção da confiança política.

O jornal Observador contactou Bráulio Moreira, que usou os mesmos argumentos vagos e sem contexto que já tinha usado no debate autárquico, para explicar as acusações que fez ao primeiro-ministro, António Costa, de ser um “indiano vingativo”, e onde levantou a possibilidade de “terem sacado segredos de estado a Jorge Sampaio”, enquanto o antigo Presidente da República esteve internado.
Apesar de tudo, Bráulio Moreira está convicto de que continua a ter condições para assumir o lugar de vereador no próximo dia 26 de setembro e até mesmo chegar à presidência do município, mas se lhe pedirem para sair, acata.
A uma semana das eleições, arrisca-se a sair pela porta pequena, mas sem ressentimentos: “Não preciso da política para nada, tenho o meu trabalho. E políticos, não os posso ver à frente”.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Bráulio Moreira do Chega de São Brás de Alportel é uma fonte interminável de mensagens “estranhas” e até ensina as crianças a darem peidos com os braços

Candidato do Chega à Câmara de São Brás de Alportel acusado de ter morto um cão à paulada

Candidato do Chega à Câmara de São Brás de Alportel “muito confuso” em debate e confessa que regressou a Portugal porque não dizia coisa com coisa

Partilhe

Leave a Reply