André Ventura, Cheganos Oficiais, Hugo Ernano, Nuno Afonso

André Ventura ainda não pediu desculpas publicamente a Carlos Maia: “Desconto mais do que o Dr. André”

Depois de André Ventura ter publicado uma foto nas suas páginas, onde associou as pessoas junto de um Ferrari aos desacatos em Reguengos de Monsaraz e onde insinuou que viviam com o dinheiro dos contribuintes, Carlos Maia Fernandez, o proprietário do carro teve o cuidado de enviar um email ao Chega, dizendo os crimes que estavam a cometer, mas não recebeu resposta.
Hugo Ernano, ex-militar de Guarda Nacional Republicana (GNR) responsável pela morte de um jovem de 13 anos (condenado a quatro anos de prisão de pena suspensa) e atual cabeça de lista à Assembleia Municipal de Odivelas,
contactou o seu “grande amigo”, o “Cigano do Ferrari”, para um jantar que, além de André Ventura, contou com a presença de Nuno Afonso, coordenador autárquico, Pedro Pessanha, presidente da Distrital de Lisboa, e Fernanda Marques Lopes, candidata à Assembleia Municipal da Lourinhã.
Carlos Maia garante que o líder do Chega pediu-lhe desculpas mas “não o fez perante o público”, apesar de não ter sido estabelecido qualquer prazo para uma retratação pública, o queixoso afirmou que não pretendia esperar muito mais:

Se o Dr. André me pedir desculpas perante o público, não vou fazer nada contra ele porque está a assumir um erro que cometeu perante toda a gente do país que viu aquilo. Exporem-me nesta situação, tirarem-me da minha vida particular… Eu tenho de me defender. A etnia cigana não é só uma família. Há ciganos que eu não conheço. Eu agora sei lá o que se está a passar em Reguengos de Monsaraz ou em França. Desconheço isso. Estou no meu trabalho.

O “Cigano do Ferrari”, que tem filhos a estudar e paga por isso, reconhece que há ciganos que estão mais integrados na sociedade do que outros, mas também há caucasianos que causam conflitos.
Afirmou ainda ao Expresso que há muitos ciganos a receber RSI:

Porque não têm oportunidade de trabalho, ninguém os quer. Como é que as pessoas podem trabalhar se não lhes dão oportunidade? Não podemos julgar todos pelo mesmo. Eu farto-me de descontar e se calhar desconto mais do que o Dr. André ou qualquer outro deputado.

Mas até ontem André Ventura não se retratou publicamente! Nuno Afonso, assessor de André Ventura, depois do jantar partilhou a foto com Carlos Maia, e escreveu:

Não é a cor, o credo, a etnia ou a preferência clubística que fazem as pessoas boas. Conheci o Carlos Maia num jantar a semana passada, um homem trabalhador, pai de 4 crianças, uma família espetacular, ajuda a comunidade e obras sociais.
Não interessa se tem um Ferrari branco ou azul, um Porsche ou um Dacia, interessa que é um homem de família, trabalhador e cumpridor.
Todos com os mesmos direitos e todos com os mesmos deveres, é assim que deve ser uma sociedade justa, construída sobre o bom senso e respeito pelas Leis.
#nunoafonso #CHEGA #portugal #andreventura

Hugo Ernano, comentou na foto partilhada por Nuno Afonso, e escreveu:

O Carlos Fernandez é um grande amigo. Desde os meus 5 anos que conheço a familia dele e ele. São um exemplo a seguir de pessoas de valores.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

André Ventura já pediu desculpas ao “Cigano do Ferrari” mas só se livra do processo se fizer um pedido de desculpas público até quarta-feira

Cigano do Ferrari já respondeu! O Engenheiro não vive do RSI, tem 16 funcionários e não é de Reguengos de Monsaraz

Mais um Processo para André Ventura? Partilhou matrícula de Ferrari e insinua que são os ciganos de Reguengos

Partilhe

Leave a Reply