André Ventura, Cheganos Oficiais

André Ventura defende a exigência dupla (Teste Covid + Certificado) o que provocou nova perda de votos

André Ventura é líder de um partido que é ao mesmo tempo Negacionista e Não Negacionista. Depois de se ter revoltado contra possibilidade da vacina contra o Covid-19 ser obrigatória, ontem considerou aceitável uma exigência dupla (Teste + Certificado) para acesso a alguns espaços.
O Presidente do Chega, que para voltar a ser destaque na imprensa serviu de intermediário para transmitir as novidades de “última hora” sobre as medidas que o Governo pretende implementar para a luta contra o aumento dos casos Covid, disse à imprensa que pediu ao chefe do executivo para que a “economia não fosse mais prejudicada”, salientando que “há setores que estão já a atingir o seu limite”.
No que se refere à dupla imposição do teste e do certificado digital para bares, discotecas e grandes eventos, André Ventura defendeu que “é mais aceitável uma exigência dupla” do que “simplesmente encerrar os setores ou limitar em muito a sua lotação”.
Posição que motivou novamente um afastamento por parte dos Negacionistas que prometem não votar no Chega.
Quanto à Vacina obrigatória anti-Covid, se essa medida neste momento em Portugal não tem muita razão de ser, pois os portugueses não são na sua grande maioria negacionistas, existem algumas vacinas que são “obrigatórias” no sentido de estarem incluídas no Programa Nacional de Vacinação. Nomeadamente a difteria, tosse convulsa, rubéola, poliomielite, tétano, sarampo, parotidite epidémica, papiloma humano, entre outras.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

André Ventura chama atrasada a Ana Gomes e é contra a vacinação obrigatória

André Ventura diz que a vacina Anti-Covid não serve para nada? “Teria sido infectado à mesma e estaria na situação em que estou”

Presidente da Direção do CJN Chega ataca os Negacionistas e o Juiz Fonseca e Castro e já há militantes a ameaçar entregar o cartão

Partilhe

Leave a Reply