Cheganos Oficiais, Eugénia Santos, Victor Meira

Vice-presidente do Chega Braga usou slogan anti Bolsonaro e não poupa o partido anti-sistema “Deram cargos aos canalhas e poder aos bandidos”

Vice-presidente do Chega em Braga deixou várias mensagens com várias indiretas ao partido que se diz anti-sistema, mas que afinal são o próprio sistema. Eugénia Santos (Jenny Santos) foi uma das dirigentes do partido de André Ventura que na sexta-feira comentou na mensagem de Tiago Sousa Dias, onde este revelou os motivos que o levaram a demitir-se na segunda-feira de Secretário-Geral, para contrariar a deputada Rita Matias: “A meritocracia é apenas uma palavra bonita de se dizer”.
A ex-candidata do partido de extrema-direita à Câmara Municipal de Braga partilhou uma imagem com parte de um texto que é muito usado no Brasil como slogan nas redes sociais contra Bolsonaro:

Deram dignidade aos ignorantes, elevaram a auto-estima dos idiotas, valorizaram a estupidez, deram voz aos imbecis, cargos aos canalhas e poder aos bandidos.
Ninguém faz o que fala, ninguém publica o que acredita e assim, alimentam a hipocrisia

Escreveu depois um texto para acompanhar essa imagem com as hashtags “Quando os Anti-sistema são o próprio Sistema”, “Vergonha é dizer uma coisa e fazer outra” e “Os bandidos também vestem fato, falta saber se foi pago”:

É esta a meritocracia que tantos apregoam e defendem. É este o carácter que dizem que é diferente. É com isto que pretendem lutar por uma sociedade melhor.
A diferença estará sempre na essência de quem lidera e de quem obedece.
#sejamfelizes
#quandoosantisistemasãoopropriosistema
#vergonhaédizerumacoisaefazeroutra
#osbandidostambémvestemfatofaltasabersefoipago

Victor Meira, ex-candidato do Chega à Câmara Municipal de Famalicão, comentou na mensagem de Jenny Santos:

Juntaram-se todos debaixo do mesmo teto… Quando cheira a poder e dinheiro, o caráter fica na gaveta, a seriedade passa para último plano e o compromisso passa a ser de caráter pessoal.
Eles podem enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não conseguem enganar todas por todo o tempo.

Atualização:


Cerca de duas horas depois da nossa mensagem (às 22h46), Eugénia Santos escreveu na sua outra página [Política transparente 2021] outro texto a acompanhar a mesma imagem, onde só dá força a 11 dos 12 deputados do Chega:

São mais de 40 anos a colocar bandidos, vigaristas, aproveitadores, caloteiros, corruptos e outras tantas coisas na AR para governar Portugal.
Apesar da maioria absoluta de um dos partidos que alimentou estes abutres, acredito na diferença que o Chega poderá fazer!
Vamos lá, força aos 11 guerreiros que irão ter pela frente uma verdadeira batalha de David contra Golias.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Vários dirigentes do Chega reagiram à saída de Tiago Sousa Dias: Desilusão! Meritocracia?

Deputado do Chega eleito por Braga confirma dívidas de 120 mil euros mas diz que André Ventura sabia de tudo

Deputado do Chega eleito por Lisboa vai responder em março por processo de incumprimento de uma pensão de alimentos

Partilhe

Leave a Reply