Autárquicas 2021, Cheganos Oficiais, Francisco Dias, Resultados das Eleições

Terra natal do candidato à Guarda, que já defendeu os Ciganos da opinião de André Ventura, foi onde o Chega teve o melhor resultado

O “melhor” resultado que o Chega conseguiu nas Eleições Autárquicas de 2021 foi na votação para a Câmara Municipal da Guarda, na freguesia de Avelãs da Ribeira, onde conseguiu um máximo de 43.38%, no entanto correspondente apenas a 59 votos. Este resultado não se estendeu ao restante concelho da Guarda, pois o Chega ficou-se pelos 2,69% e não conseguiu eleger nenhum vereador.
Mas o resultado em Avelãs da Ribeira tem um motivo, o candidato do Chega à Câmara Municipal da Guarda é natural dessa freguesia.
Francisco José Norberto Dias, técnico superior na Câmara da Guarda, anunciou a sua candidatura independente a essa Câmara em 7 de abril de 2020, e no 20 de maio escreveu uma mensagem no Facebook onde defendeu a comunidade cigana dos ataques de André Ventura “Tem Hemorragias de Prazer, quando fala mal dos ciganos”. Meses depois, em Novembro, assumiu a sua adesão ao Chega.
Em 7 de abril de 2020, Francisco Dias, ainda não era chegano, partilhou uma mensagem de “Carlos Paz” que critica André Ventura, e escreveu:

“Ciganos designa um conjunto de populações nômades que têm, em comum, a origem indiana. Também são conhecidos pelos termos boêmios, gitanos, calons, judeus, quicos, calés e calós.
Essas populações constituem minorias étnicas em numerosos países.
Além de migrarem voluntariamente, esses grupos também foram historicamente submetidos a processos de deportação, subdividindo-se vários clãs, denominados segundo antigas profissões e procedência geográfica, que falam línguas ou dialetos diferentes.”
Após esta ligeira introdução, pretendo desta forma, manifestar a minha opinião, não para ATAQUE OU DEFESA DA ETNIA CIGANA, mas apenas para abordar o tema que me parece pertinente e muito atual.
ANDRÉ VENTURA tem Hemorragias de Prazer, quando fala mal dos Ciganos, porque sabe que esta coragem é muito acalorada pelas outras raças, sejam eles brancos, negros ou multicolores.
Esta Minoria Étnica espalhada pelos diversos continentes têm de ser responsabilizados por tudo o que de negativo há no mundo.
Não querem trabalho, vivem constantemente a enganar os outros, são traficantes de droga, vivem de subsídios sem necessidade, não querem pagar a água, porque culturalmente está intrínseco neles que a água é um bem da natureza, que bebiam gratuitamente enquanto nómadas, fazem ligações clandestinas nos postes de electricidade, são agressivos, mal-educados, ladrões, em suma, não têm qualquer virtude. Eles são minorias que caíram em sociedades ditas socialmente “bem comportadas”, sendo obrigados a ganhar defesas uma vez que não querem e também não lhe permitem a sua integração, e tudo o que fazem de mal o dedo é-lhes apontado de imediato. MUITO BEM! TÊM QUE CORRIGIR O SEU COMPORTAMENTO. Digamos que num conjunto de 100 ciganos há 5% bons.
Agora olhemos para nós numa sociedade grandiosa. Temos corruptos que desviam milhões e ficam impunes, ladrões profissionais, pedófilos, traficantes de droga, assassinos de filhos, vigaristas que também fogem ao pagamento de água e luz, baixo nível cultural, violência doméstica entre outros malefícios. MUITO BEM TEMOS DE CORRIGIR O NOSSO COMPORTAMENTO. Digamos que num de um Milhão temos 5% bons.
Pergunto…Quantos pedófilos, assassinos de crianças, corruptos em larga escala encontram na comunidade cigana? Onde se vê mais gente nos hospitais quando têm um familiar doente, ou nas prisões, quem cumpre o luto eternamente, mal ou bem, por o falecimento de um familiar, quem comete menos infidelidade?
A Bíblia que eu considero um documento exclusivamente histórico diz mais ou menos isto “quem não tiver pecados atire a primeira pedra” penso, que a uma mulher que cometeu infidelidade.
Portanto os Ciganos não são bons, mas nós também não. Nestes últimos os maus estão mais dispersos, neles tornam-se mais evidentes porque a amostra é menos representativa.
Quem lhes atribui os subsídios tão propalados de forma indevida?
Eu defendo o ser humano bom e ataco o ser humano mau, seja ele cigano ou não. Se todos fizermos um esforço de nos encararmos como seres com defeitos e virtudes não deveríamos apontar os erros sempre aos mesmos neste caso, ciganos, quando nós padecemos dos mesmos defeitos. OU ACREDITAM QUE ESTES SERES JÁ NASCEM COM A MALDADE NOS GENES?
Tentemos entender a evolução histórica, os motivos sociais, culturais e morais que levam a que certos grupos tenham comportamentos anti-sociais.
Como disse não estou a defender a etnia cigana, os maus que se retratem e sejam punidos, os bons que sejam acarinhados no seio da sociedade. Estou, apenas, a tentar explanar que o que mais há é ciganos entre nós que são piores que os verdadeiros ciganos. E é tratando-os com igualdade e frontalidade que se poderá obter relacionamentos sociais mais dignos.
NÃO É COM PALAVRAS OCAS E AVENTUREIRAS QUE VAMOS A ALGUM LADO, SÓ ESTAREMOS A CONTRIBUIR PARA O AUMENTO DAS CLIVAGENS SOCIAIS.
APELO TAMBÉM AOS CIGANOS QUE CONTRIBUAM PARA ESTA NECESSÁRIA INTEGRAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO.
São tão parecidos que até os confundem connosco.

Resultados finais para a Câmara Municipal da Guarda
Sérgio Costa (Independente) 36,22 % – 8.559 votos (3 mandatos)
PSD 33,68 % – 7.958 votos (3 mandatos)
PS 17,98 % – 4.249 votos
Brancos/Nulos 3,91 % – 902 votos
CDS 2,69 % – 636 votos
Chega 2,69 % – 636 votos
Bloco de Esquerda 1,60 % – 378 votos
CDU 1,31 % – 310 votos
PODE QUERER VER TAMBÉM:

Sondagem para a Câmara da Guarda: Candidato do PSD reeleito e candidato do Chega nos 3%

Chega concorreu a 218 Câmaras e não venceu nenhuma! Perdeu mais de 289 mil votos

Resumo dos candidatos Autárquicos do Chega: Há para todos os Gostos e está cheio de Contradições

Partilhe

Leave a Reply