Últimas Notícias

Militares da GNR “apanhados” a torturar por diversão imigrantes de Odemira

Mais um episódio para o filme “Portugal não é Racista”, neste caso, “nem Xenófobo”: A CNN Portugal avança hoje com uma reportagem sobre acusação feita contra sete militares da GNR que estão acusados de um total de 33 crimes, e revela imigrantes agredidos e humilhados por agentes fardados em Odemira que filmaram os próprios atos de violência.
Em 2019 a Polícia Judiciária apreendeu os telemóveis a cinco militares do posto da GNR de Vila Nova de Milfontes, Odemira, suspeitos de alegados maus-tratos a imigrantes, o que revelou as imagens brutais filmadas por diversão por um guarda de 25 anos, com situações de sequestro, torturas, humilhações, violência e insultos racistas a vários trabalhadores agrícolas daquela região, imigrantes provenientes do sul da Ásia, a maioria do Bangladesh, do Nepal ou do Paquistão.

Ver vídeo e exemplos descritos no site da CNN Portugal

O Ministério da Administração Interna já informou que um militar foi demitido da GNR, sendo que os outros seis estão suspensos de funções.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Mais dois episódios para o filme “Portugal não é Racista”: Motorista e jogadores do Sporting são alvos de Racismo

Vice-presidente do Chega defende que o GNR que matou jovem de 13 anos “Devia ter disparado mais”

André Ventura é acusado de estar a utilizar a morte para “arremesso político” e para fazer “chicana política”

Partilhe

Leave a Reply