Cheganos Oficiais, Hugo Ernano, Pedro Frazão

Vice-presidente do Chega defende que o GNR que matou jovem de 13 anos “Devia ter disparado mais”

Pedro dos Santos Frazão, Vice-Presidente do Chega, defendeu que Hugo Ernano, deputado eleito pelo Chega na Assembleia Municipal de Odivelas, GNR condenado a pena suspensa de quatro anos por homicídio simples por negligência grosseira, ao matar um jovem de 13 anos numa perseguição policial após um assalto a uma vacaria, “Devia ter disparado mais”.
O médico-Veterinário, defensor das Touradas, casado e pai de uma filha numerosa é uma pessoa que se identifica como tendo “opiniões humanistas de quem ama apaixonadamente primeiro Portugal, e depois o mundo”
Pedro Frazão, eleito vereador da Câmara Municipal de Santarém, escreveu na sua página:

Traficantes, homicida e assaltante indemnizados por más condições nas cadeias nacionais. E ainda não batemos no fundo. Porca miséria!

Um seguidor anti-cheganos partilhou uma foto de um simpatizante do Chega que defendeu que o GNR “devia ter limpo todos” e escreveu:

O Hugo ou o Mário Machado, os homicidas de serviço ao chaga?

O Vice-presidente do Chega respondeu:

O Hugo Ernano cumpre serviço da República Portuguesa e a combater criminosos. Devia ter disparado mais.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Vice-presidente do Chega não esconde a admiração por matador de touros que foi condenado por matar uma pessoa

Pedro dos Santos Frazão ameaça invadir Lisboa se proibirem a Tauromaquia

Vice-presidente do Iniciativa Liberal não poupa o Vice-presidente do Chega

Partilhe

Leave a Reply