Edite Ramalhete, Ex-Cheganos Oficiais

Ex-militante do Chega de Santarém reagiu à vaca voadora e não poupou ninguém

Edite Ramalhete, expulsa do partido de André Ventura em julho, reagiu no Facebook ao cartaz do Chega Amadora com a vaca voadora colocado em frente da Assembleia da República, como resposta ao cartaz da candidata da coligação liderada pelo PSD Amadora, Suzana Garcia.
A ex-militante da Distrital do Chega de Santarém não poupou nas palavras, e aparentemente não escapou ninguém:

..o absurdo incomensurável da vaca voadora!!!
Vergonha alheia!!..
O estigma de quem é diferentes mas, como mulher, trabalhadora e inteligente, enfrenta com coragem os bois disfarçados de homenzinhos tolos.
Fantástico!!
A reboque da dita salvação da Nação (pura MENTIRA) ..e sabendo que estão a ouvir e a seguir gente da pior estirpe de mentirosos, abutres seguidores de seitas religiosas, bandidos mascarados de senhores, chulos vestidos de gentleman, pais que não cumprem o seu papel de educadores, agressores que deviam estar atrás das grades e andam a agredir militantes, assim como a máfia de partidários corruptos, desleais, desonestos, que infestam este país.. apesar de todo este historial de malfeitoria, ainda desculpam todos estes abortos, como o fizeram nestes últimos 47 anos com o regime.. É OBRA!
Ahhh o projecto.. as pessoas passam o projecto fica!
Vê-se 47 anos de projectos, 47 anos de pessoas medíocres e inúteis a engolir projectos e a Nação a ser engolida por projectos e por gente IGUALMENTE igual a este PROJECTO..
É logo no início que tudo tem de ficar no sítio certo..o projecto agradece.
Uma benção para todas as mulheres resilientes e de coragem ..

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Amadora em Guerra de Cartazes na Assembleia da República: “Chega dá-te asas… leiteira perdida em Lisboa”

Suzana Garcia: “Espero que o Chega seja exterminado, são asquerosos”

Ex-militante do Chega de Santarém revela motivos da sua expulsão, diz-se vítima de agressão e afirma que André Ventura manobra a mentira

Partilhe

Leave a Reply