Cheganos Oficiais, Cristina Rodrigues

Ex-Deputada do PAN Cristina Rodrigues, anti-touradas e defensora LGBT+, vai ser assessora parlamentar do Chega

Cristina Rodrigues, anti-touradas e defensora da comunidade LGBT+, vai ser assessora parlamentar do Chega. A ex-Deputada do PAN, que se desvinculou meses depois e continuou com o mandato na condição de não inscrita, vai agora trabalhar para o partido de André Ventura, que defende as touradas.
Cristina Rodrigues confirmou hoje no Twitter que irá trabalhar com o partido de André Ventura:

C tda a transparência quero dizer vos q irei trabalhar p o ch. As minhas funções serão jurídicas e foi me assegurada a possibilidade de continuar a trabalhar certos temas q acho prioritários. Apenas vos quero dizer q continuo aqui, sp disponível p ajudar no q me for possível.

No dia 5 de janeiro pedia justiça contra o cavaleio João Moura, que meses antes teve uma homenagem que contou com a presença de vários deputados do Chega:

Cavaleiro João Moura acusado de 18 crimes de maus-tratos a animais. Que se faça a acostumada justiça.

No dia 16 de dezembro mostrou-se chocada com a violência policial:

Choca-me a violência policial. Choca-me que pessoas façam isto a outras pessoas. Choca-me que estes videos fossem “repartilhados” em grupos de whatsapp como se tratasse de um video “divertido”. Choca-me que ninguém tenha feito nada.

Também se preocupava com o racismo, conforme mensagem escrita no mesmo dia:

Sobre o video de 1 pessoa claramente racista que está a circular, a atitude dela é absolutamente nojenta, intolerável, pode consubstanciar a prática de crime e espero q a pessoa seja identificada e devidamente punida. Quanto ao motorista, lamento muito que tenha passado por isto.

No dia 25 de novembro, Cristina Rodrigues escrevia sobre as mulheres:

Ser mulher é meio caminho andado p em algum momento da sua vida ser vítima de assédio, importunação sexual, violência doméstica ou qualquer outro tipo de violência sexual. N é exagero. 1 em cd 3 mulheres já sofreu algum destes tipos violência na sua vida.

No dia 14 de outubro do ano passado, partilhava a decisão da proibição de touradas para menores de 16 anos:

Imagino a choradeira que para ai vem. #governobem 👏🏻👏🏻👏🏻 para quem não sabe a exposição à violência tem impactos para negativos para as crianças, o que justifica plenamente que não tenham que assistir a este “espetáculo”.

No dia 8 de outubro partilhava a aprovação do projeto lei que determinava o fim da discriminação na dádiva de sangue em razão da orientação sexual, projeto que contou com o voto contra do deputado do Chega, e escrevia:

Aprovado hoje, por unanimidade. Mais um passo em direcção à igualdade.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Deputado do Chega (ex-MIRN) vota a favor do Fim da Discriminação na Dádiva de Sangue em Razão da Orientação Sexual

Chega de Touradas? Cheganos revoltados com o fim das Corridas de Toiros na RTP

Líder do PAN recebida em Beja com insultos de aficionados da tauromaquia e de apoiantes do Chega

Partilhe

Leave a Reply