Cheganos Oficiais, Paulo Ralha

Ex-Corrente Sindical Socialista da CGTP, ex-candidato do BE e “amigo” de André Ventura é o cabeça de lista a deputados do Chega por Coimbra

Paulo Ralha, ex-Presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, integrou as listas do Bloco de Esquerda a deputados por Braga em 2011, simpatizante da Corrente Sindical Socialista da CGTP, participou em 2013 num Congresso com o lema “Pelo Estado Social, Combater a Direita”, em 2016 foi apoiante da candidata do Bloco de Esquerda Marisa Matias, “amigo” de André Ventura, conforme publicação do líder do partido de extrema-direita em 2018, é o cabeça de lista de Deputados do Chega por Coimbra. Num círculo onde se elegem 9 deputados, em 2019 o Bloco de Esquerda precisou de 11,18% para eleger um deputado, mas em 2015 o partido liderado por Catarina Martins precisou de apenas 9,89%, valores inatingíveis para o Chega se levarmos em conta o resultado das eleições autárquicas de setembro onde ficou-se pelos 2,29 %, mas em contrapartida ao alcance do partido de André Ventura se conseguisse o resultado que alcançou nas Eleições Presidências de janeiro de 2021 com 10,01%.
Paulo Ralha foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos durante dois mandatos, de quatro anos cada um, tendo dado o seu lugar a Ana Gamboa em 2019.
Em 2016, Paulo Ralha apoiou a candidatura da dirigente do Bloco de Esquerda, Marisa Matias, a candidata a Presidente da República, e deu várias entrevistas à Esquerda.net.

Intervenção de Paulo Ralha, no Debate da “Resolução acerca da situação político-social e as posições e orientações da Corrente Sindical Socialista da CGTP-IN”, no XI Congresso da Corrente Sindical Socialista da CGTP-IN (Lisboa, 18 e 19 de Maio de 2013).

Em 2011, Paulo Alexandre Mendes Patrício Ferreira Ralha, integrou a lista de candidatos do Bloco de Esquerda a Deputados por Braga, era o número 5 da lista.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Candidatos do Chega às Legislativas de 2022! Alguns estão já garantidos como deputados mas outros nem com 20% são eleitos

André Ventura escolheu dirigente afastada da lista de deputados do PSD em 2019 para liderar lista do Chega em Vila Real 3 dias depois de ter anunciado outro candidato

Candidato elegível a deputado do Chega por Setúbal é acusado de ter deixando um rasto de dívidas e bens penhorados

Partilhe

Leave a Reply