Carlos Furtado, Cheganos Oficiais, Pedro Arroja

Deputado açoriano diz que o Mandatário do Chega é um “Tarado” porque defendeu que os Órgãos para transplantes deveriam ser pagos

Carlos Augusto Furtado, ex-Líder do Chega Açores, diz que o Mandatário para as Eleições Legislativas de 2022 do Chega, Pedro Arroja, é um “Tarado”, porque defendeu que os órgãos para os transplantes deveriam ser pagos aos herdeiros, conforme a lei da oferta e da procura.
O deputado açoriano escreveu na sua página:

MAIS UM TARADO
Pedro Arroja que é o mandatário nacional do partido que se diz de direita, é uma personagem que defende que os órgãos que são retirados dos cadáveres para transplante deveriam ser pagos, admitindo que existiriam rins de 1ª ou de 2ª ou ainda de 3ª. Mais um tarado a juntar aos outros dos ovários, das extradições, da saúde apenas privada, do corte cego aos apoios sociais e outras que agora já nem me lembro.
Link comprovativo: https://arquivos.rtp.pt/…/transplante-de-orgaos-parte-ii/

Pedro Arroja participou em 1994 no debate moderado pelos jornalistas Maria Elisa Domingues e José Eduardo Moniz sobre os fatores morais, religiosos e éticos relativos ao transplante de órgãos:

Vídeos RTP: Parte 1Parte 2

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Mandatário do Chega às Legislativas de 2022 admira Salazar, foi condenado por difamação e acha que “Elevar mulheres à direção de partidos é enfraquecer”

André Ventura acha que as ex-colónias deviam pagar a Portugal “Devíamos ser indemnizados”

Candidato elegível a deputado do Chega foi expulso do CDS e participou em “vários negócios do ex-BES Angola”

Partilhe

Leave a Reply