Ex-Cheganos Oficiais, Pedro Domingos da Graça Marques

Comissão de Ética suspendeu por 6 meses o militante que declarou intenção de se candidatar à Presidência do Chega

Quase 5 meses depois a Comissão de Ética voltou ao trabalho! João Eduardo Pereira Gil Matias, tinha sido o último militante a ganhar o privilégio de ficar de castigo (90 dias) e soube da pena no dia 22 de Julho de 2021.
O Órgão Nacional do partido liderado por André Ventura publicou hoje o castigo de 180 dias do militante 8239, Pedro Domingos da Graça Marques, e a informação que vai propor a sua expulsão ao Conselho de Jurisdição.
O ex-mandatário financeiro do PNR, que declarou a sua intenção de se candidatar à Presidência do Chega no dia 5 de outubro, mas acabou por desistir, já tinha sido alvo da “Lei da Rolha” com um castigo 90 dias em junho, com proposta de expulsão, que pelos vistos acabou por não acontecer.
Pedro Domingos da Graça Marques publicou na sua página a decisão da Comissão de Ética e escreveu:

Os outros meninos não querem jogar mais comigo à bola 😭😭😭😭😭

Questionado se a Comissão de Ética trabalha ao domingo, respondeu:

Lol eu cá acho que fizeram um mail pirata de um órgão que não existe legalmente, vou pedir a expulsão desses apropriadores junto do Conselho de Jurisdição Nacional do Partido 😂

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Comissão de Ética mantém os castigos a novo Conselheiro, ex-dirigente açoriano, ex-militante e a vítima de Xenofobia do Chega

Pedro Graça Marques quer ser candidato à Presidência do Chega e já pensa em avançar com Providência Cautelar

Lista A excluída: Termos de Aceitação vs Assinaturas falsas? Problema de Polícia! Sintra? Métodos do PNR?

Partilhe

Leave a Reply