Cheganos Oficiais, Miguel Pita, Victor Meira

A Comissão de Ética até no dia consagrado à oração mete militantes do Chega de castigo

Até ao Domingo, dia consagrado ao descanso e à oração na tradição cristã, a Comissão de Ética do Chega coloca militantes e dirigentes de castigo.
O órgão nacional liderada pelo também deputado da Nação, Secretário Geral e vogal da Direção, Rui Paulo Sousa, divulgou ontem mais 3 castigos:

  • Vitor Bruno Teixeira Lopes, por um período de 30 Dias.
  • Miguel Henrique Silva Pita, por um período de 90 Dias, ex-candidato do Chega a presidente da Junta de Freguesia da Sé, Funchal.
  • Victor Manuel Meira de Sousa, por um período de 180 Dias e vai ser proposta a sua expulsão ao Conselho de Jurisdição. O ex-candidato do Chega à Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão partilhou em abril nas redes sociais a resposta à “nota de culpa coletiva” que enviou ao Presidente da Comissão de Ética sobre o castigo de 90 dias.

Miguel Pita reagiu ao seu castigo nas redes sociais, onde partilhou várias imagens do seu trabalho e das suas candidaturas no partido e escreveu:

Meu castigo por dizer as verdades comprovadas

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Candidato do Chega a Famalicão responde à “nota de culpa coletiva” e acusa o Mandatário financeiro de não pagar o que deve

Ex-líder do Chega Ílhavo concorda com o seu castigo de 30 dias: “Hipócritas!!”

Chega de Aveiro em Guerra de Ratos derrotados vs Inúteis difamadores

Partilhe

1 Comment

  1. Miguel Pita

    Apresentei a minha defesa à Comissão de Ética e de nada valeu, nem me responderam, assim como na Jurisdição que nem aceitaram a carta registada com aviso de recepção enviado pelo advogado que me representou neste processo.
    Algo muito estranho vindo dum Partido Politico que se diz democrático, justo na defesa do português de bem (onde me incluo).
    Apanhei 90 dias de suspensão sem qualquer fundamento de culpa comprovada, uma … VERGONHA !!!!

Leave a Reply